quinta-feira, 24 de junho de 2010

PRIMEIRO ESTÚDIO PÚBLICO

Primeiro estúdio público para gravação musical funciona também no fim de semana

Texto: Fernanda Geppert

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, por meio da Subprefeitura Cidade Tiradentes, ampliou 40% o atendimento do primeiro estúdio público para gravação de CDs musicais. Desde o dia 29 de maio, o estúdio, que fica na Estação Juventude, em Cidade Tiradentes, passou a abrir também nos fins de semana, oferecendo dois dias mais para os músicos iniciantes da Capital.
O estúdio da Estação Juventude já promoveu a gravação gratuita de mais de 120 novos artistas, que ganham, até mesmo, capa para a produção. Além da ampliação de atendimento, a secretaria passou a direcionar os ensaios musicais para a praça multiuso da Estação, espaço desenvolvido para receber os artistas e eventos, liberando a agenda do estúdio para gravações.
"Com a mudança, quem trabalha passa a ter a chance de usar o estúdio aos sábados e domingos", explica o subprefeito de Cidade Tiradentes. "É um ganho importante, que irá incentivar a cultura paulistana e os músicos iniciantes".
O estúdio conta com estrutura de isolamento acústico de pisos e paredes e porta acústica maciça revestida de lã de rocha. Para auxiliar na gravação do CD das bandas, a subprefeitura disponibiliza um técnico de som que acompanha a produção e é responsável pela edição das músicas. O salão principal é usado para a organização de saraus e ensaios abertos ao público.
"O estúdio oferece novas oportunidades aos jovens carentes que sonham com um futuro no cenário musical, mas não têm locais para ensaiar e muito menos condições de bancar uma gravação", diz o subprefeito.

Para utilizar tanto o estúdio quanto a praça - que também pode ser reservada para outros eventos -, é preciso agendar um horário, entre 9h e 17h, na Subprefeitura Cidade Tiradentes.
As gravações no estúdio - e o funcionamento da Estação Juventude - ocorrem das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h. No intervalo das 12h às 13h30h é servida alimentação.

CAUBY EM SHOW PARA CAMPANHA DO AGASALHO 2010

Foto: Marco Maximo

Cauby in Concert é o nome do show inédito de Cauby Peixoto, que foi apresentado no dia 16 de junho, no Memorial da América Latina. A renda do show foi revertida para a Campanha do Agasalho 2010, realizada pelo Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo.

O espetáculo Cauby in Concert  foi dividido em dois blocos. Na primeira parte o intérprete passeia pelos sucessos da sua carreira como “Conceição” (Dunga e Jair Amorim, “Bastidores” (Chico Buarque) e “Nono Mandamento” (Nelson Gonçalves), acompanhado por um trio jazzístico formado por Ronaldo Rayol (violão), André Bedurê (baixo) e Nahame Casseb (bateria).

A outra metade do show é dedicada apenas a canções inéditas em sua voz; momento em que Cauby faz um duo com Ronaldo Rayol, com quem está gravando o primeiro CD no formato voz e violão em seus 58 anos de carreira. Neste bloco ele canta "Viola Enluarada" (Marcos e Paulo Sérgio Valle), “Beatriz” e “As Vitrines” (Chico Buarque), “Cadeira Vazia” (Lupicínio Rodrigues), “Guerreiro Menino” (Gonzaguinha), “O Que Tinha de Ser” (Tom e Vinicius) e “Nada Por Mim” (Paula Toller). "São músicas que eu sempre admirei, mas nunca gravei ou cantei em meus shows”, explica o artista.

No final do ano passado Cauby Peixoto lançou o impecável álbum Cauby Interpreta Roberto, dedicado à obra de Roberto Carlos, e já prepara o lançamento do DVD Cauby Sings Sinatra, gravado em maio no Teatro Fecap, em São Paulo, pela TV Cultura. O show promete registrar ainda algumas canções desses dois novos trabalhos.

Michelle Branch divulga parceria com Timbaland

A cantora Michelle Branch, cuja voz é conhecida mundialmente por embalar os solos de guitarra do músico Santana nos sucessos "The Game of Love" e "I'm Feeling You", se uniu ao produtor Timbaland, responsável pelo sucesso de artistas como Nelly Furtado e Justin Timberlake, para lançar a música "Getaway", que será usada na campanha do novo carro da linha MINI da BMW, o Countryman.

Unindo o som urbano com o pop/country - estilo musical que Michelle Branch vem trabalhando desde a dupla "The Wreckers"-, a música é uma excelente colaboração que exibe a força dos artistas e de seus trabalhos. O vídeo de "Getaway" foi gravado nas ruas de Milao, Italia, e traz o conceito de fuga do mundo. Mais informações http://www.michellebranch.com/



Assista o Making of do video em http://www.youtube.com/watch?v=I5ZHl0nKOMk
Entrevista com Michelle Branch sobre a música e a parceria em http://www.youtube.com/watch?v=Tux3sAmAd4I&feature=youtube_gdata

Michelle Branch

A cantora Michelle Branch surgiu na mesma leva de Avril Lavigne e Vanessa Carlton e estourou com o single "Everywhere" do album "Spirit Room". Em 2003 ela lançou "Hotel Paper" que trouxe sucessos como "Are You Happy Now?" e um dueto com Sheryl Crowe em "Love Me Like That". Agora se prepara para lançar seu terceiro álbum solo "Everything Comes and Goes" cujo primeiro single "Sooner or Later" já está nas rádios e o vídeo já está disponível online. Entre 2003 e 2010, Michelle se casou, virou mãe, se lançou no mundo da música country junto da amiga Jessica Harp no projeto paralelo "The Wreckers", e participou da trilha sonora do filme "4 amigas e um jeans viajante 2". O novo álbum esta previsto para ser lançado neste segundo semestre pela Warner Music. www.michellebranch.com

TIRADENTES RECEBE PROGRAMAÇÃO DE JAZZ E ARTE EM JULHO

Nesta edição as bandas Villa Lobos in Jazz e Happy Feet apresentam-se na cidade
Nos dias 2 e 3 de julho, a Pousada Pequena Tiradentes leva mais uma vez para a charmosa cidade mineira o Festival de Jazz. Com o apoio da Fiemg, a pousada oferece para hóspedes, turistas e moradores da cidade mais uma opção de cultura e diversão. O festival, que aconteceu duas vezes em 2009, tem sua primeira edição deste ano marcada pela apresentação das bandas Villa Lobos in Jazz e Happy Feet Jazz Band.
A programação começa na sexta-feira, 2, com os cariocas Otávio Garcia, Ozias Gonçalves, Fernando Corona e Felipe Poli apresentando o projeto Villa Lobos in Jazz, que executa com uma abordagem original jazzística, mas muito familiar ao ouvido do grande público, a obra de Villa-Lobos. A banda toca a partir das 20h no Centro Cultural. A entrada é franca, porém a capacidade do local é para 100 pessoas.
No sábado, 3, a partir das 10h haverá arte e jazz no largo do Rosário com a presença de Rogério W.S. e Daniel D’Olivier, que apresentam o projeto intinerante Les Chien Noir Indigents Dans Le Ville. D’Olivier toca saxofone enquanto Rogério apresenta suas obras e pinta uma tela para apreciação do público. A apresentação é gratuita e acontece até às 18h.
A noite será coroada com a banda Happy Feet Jazz Band, que toca a partir das 20h no espaço Boutique da Pequena Tiradentes. A banda de origem mineira tem inspiração no jazz das décadas de 30, 40 e 50. Com apenas dois anos de formação, já se apresentou nos principais festivais do país, entre eles o I Love Jazz, onde tocou acompanhada do saxofonista americano Michael Hashim. A entrada para essa apresentação é limitada e o preço do ingresso é de R$50,00.
Os amantes do jazz poderão desfrutar de muita música boa durante o final de semana. Além da programação, a pousada ainda oferece acomodações com preços especiais a partir de R$ 1.062,00 (casal) para duas noites.
Mais informações pelo telefone (32) 3355-1262.
Sobre a Pequena Tiradentes
Construída em uma área de 30 mil metros quadrados na cidade histórica de mesmo nome, no interior de Minas Gerais, a Pequena Tiradentes dispõe de 62 charmosas acomodações. A pousada foi idealizada há 10 anos e construída toda em estilo colonial, oferecendo aos hóspedes um clima acolhedor. A pousada é famosa por ser uma verdadeira miniatura da cidade mineira.

Brasil Instrumental abre inscrições para shows editais e oficinas

Já estão abertas as inscrições para shows editais e oficinas do IX Brasil Instrumental. O festival, que a partir dessa edição passa a ser itinerante, acontece em Campinas (SP) de 25 de julho a 01 de agosto. Poderão participar candidatos que pertencerem à região administrativa de Campinas ou que façam parte da comunidade docentes e discentes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Tanto para shows editais quanto para oficinas, as inscrições deverão ser realizadas no site do festival até as 24 horas do dia 30 de junho.


Laércio de Freitas, Alexandre Bauab, Nailor Proveta, Teco Cardoso, Daniel Alcântara, Cléber Almeida, Adalto Soares, Oswaldinho da Cuíca, Luiz Amato, Ésdras Rodrigues, Emerson Di Biaggi, Adriana Holtz, Ney Vasconcelos, assim como Rafael dos Santos, Luiz Amato, Ésdras Rodrigues, Emerson Di Biaggi, Luiz Guéllo, Chico Santana, Adriana Holtz, Ney Vasconcelos, Sidney Borgani, Adalto Soares, Sílvia Zambonini, Alexandre Bauab são os músicos que comandarão oficinas como: Orquestra Jazz Sinfônica, Banda Marcial, Bateria de Escola de Samba, Prática de Choro, Bateria, Cordas, Maracatu, Metais, Choro e Prática de Conjunto.


O Brasil Instrumental, este ano, saiu de Tatuí, cidade onde foi criado pelos músicos Paulo Flores e Paulo Braga, para percorrer cidades do estado de São Paulo, com o objetivo de incentivar a Música Popular Brasileira e proporcionar que mais músicos tenham a oportunidade de participar tanto das oficinas quanto de seus shows/editais.

Com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) como seu palco principal, o Brasil Instrumental pretende realizar a maioria de suas apresentações em espaços públicos da cidade, para aproximar ainda mais a música instrumental brasileira da população e mostrar sua importância como fonte de arte e lazer.



Shows/Editais
Os shows/editais da nona edição do festival pretendem incentivar a MPB Instrumental, aprimorar e desenvolver a cultura musical, além de promover o intercâmbio artístico-cultural. Além disso, amplia a participação de trabalhos representativos da cultura brasileira com a livre inscrição e valoriza a produção musical da região administrativa de Campinas (nomes das cidades na seção de serviços). Os trabalhos deverão ser enviados pelo site do festival, na página da inscrição.

Serão selecionados doze trabalhos, no valor bruto de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para uma apresentação de 60 minutos no Auditório do Instituto de Artes, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e um "Bate-Papo" com 40 minutos de duração e chat, durante o IX Brasil Instrumental.


Oficinas

. OFICINA BANDA MARCIAL
Maestro - Adalto Soares e Sílvia Zambonini - vagas (50)
Sopros e Percussão
Horário de ensaios das 9h30 às 12h e das 14h30 às 16h30

. OFICINA DE BATERIA DE ESCOLA DE SAMBA
Oficina Bateria de Escola de Samba
Professores - Luiz Guéllo e Chico Santana - vagas 50
Instrumentos de Percussão
Horários - das 10h às 12h

. OFICINA PRÁTICA DE CHORO
Professor - Alexandre Bauab - vagas 30 (sendo 15 por turma)
Todos os instrumentos
Horários - Turma 1 14h30 às 16h30 - Turma 2 16h30 às 18h30

. OFICINA PERCUSSÃO
Professores - Luiz Guéllo e Chico Santana - vagas 30
Instrumentos de Percussão
Horário - 14h30 às 16h30

. OFICINA CORDAS
Professores Luiz Amato; Ésdras Rodrigues; Emerson Di Biaggi; Adriana Holtz; Ney Vasconcelos - vagas 60
Interpretação em instrumentos de corda da Música Brasileira com enfoque nas articulações e aspectos rítmicos.
Instrumentos de cordas (Violino, Viola, Violoncelo e Contrabaixo Acústico)
Horário 16h30 às 18h30

. OFICINA MARACATÚ
Professor Cléber Almeida - vagas 30
Instrumentos de Percussão
Horário - 16h30 às 18h30

. OFICINA METAIS
Professor Sidney Borgani - vagas 30
Instrumentos de Metal
Horário - 16h30 às 18h30

. OFICINA CHORO AO PIANO
Professor Laércio de Freitas - vagas 20
Instrumentos - Piano
Horário - 16h30 às 18h30

. OFICINA PRÁTICA DE CONJUNTO
Professores - Laércio de Freitas, Téco Cardoso, Nailor Proveta, Daniel Alcântara e Cléber Almeida - vagas (160)


Os alunos interessados serão selecionados em 5 classes com 3 grupos cada, que permanecerão fixos durante o festival.

Ao contrário da dinâmica de grupo tradicional, onde o grupo trabalha com um mesmo orientador, nesta edição do Brasil Instrumental, cada classe trabalhará cada dia com um orientador diferente, todas com um mesmo repertório, proporcionando desta forma vivenciar 5 abordagens diferentes durante o festival.

Instrumentos: piano (15); baixo (15); bateria (15); percussão (15); guitarra/violão (15) - 85 vagas para outros instrumentos, sopros (madeiras e metais), cordas (friccionadas e dedilhadas), percussão (teclados), sanfona, voz, etc.
Horário - 14h30 às 16h30

Cada candidato terá que enviar gravação pelo site do festival em arquivo mp3 e/ou link com performance compatível à oficina desejada.

Para as demais oficinas, as inscrições serão encerradas de acordo com o preenchimento das vagas. Cada oficina terá um custo de R$ 50,00.
Para alimentação, quem quiser pode pagar R$ 50,00 e ter duas refeições diárias durante o período do festival (de 25 de julho a 01 de agosto)

Serão aceitos também, para as oficinas, alunos ouvintes. Nesse caso as inscrições poderão ser realizadas durante o período do Festival no valor de R$ 50,00 e darão acesso livre a todas as atividades do dia. Com o crachá "Por um dia!", que será válido no dia escolhido, o aluno terá direito a alimentação (2 refeições).


Serviço:
Inscrições para shows/editais e oficinas:
http://www.brasilinstrumental.mus.br/

Cidades da região administrativa de Campinas:
Aguaí, Águas da Prata, Águas de Lindóia, Águas de São Pedro, Americana, Amparo, Analândia, Araras, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Brotas, Cabreúva, Caconde, Campinas - ERP, Campo Limpo Paulista, Capivari, Casa Branca, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Cosmópolis, Divinolândia, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia Indaiatuba, Ipeúna, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Itirapina, Itobi, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Leme, Limeira, Lindóia, Louveira, Mococa, Mogi Guaçu, Moji Mirim, Mombuca, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Piracicaba, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Bárbara d'Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, Santo Antonio de Posse, Santo Antonio do Jardim, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo, São Pedro, São Sebastião da Grama, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tambaú, Tapiratiba, Torrinha, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vinhedo

Data final das inscrições:
até as 24 horas do dia 30 de junho de 2010

Valor da inscrição de Oficina:
R$ 50,00 por Oficina


Alimentação:
Pacote de 2 refeições por dia durante o período do festival:
R$ 50,00

Sobre o Brasil Instrumental
O Festival Brasil Instrumental foi criado no Conservatório de Tatuí, pelos músicos Paulo Flores e Paulo Braga com a proposta de propiciar o encontro entre as músicas instrumentais brasileiras, tradicional e contemporânea. Há quase uma década vem cumprindo com maestria, ser o encontro para discussões, trocas e difusões de trabalhos e shows dos instrumentistas do Brasil e também ser referência para os amantes da música instrumental brasileira.
Desde sua criação, em 2000, dele já participarão centenas de músicos. Na primeira edição que foi uma homenagem a Pixinguinha estiveram presentes as Bandas Mantiqueira e Savana, Orquestra Popular de Câmera, Toninho Ferragutti, Nelson Ayres, Trio Curupira, Nenê, Fernando Correa, Vinicius Dorin, Paulo Freire e Mônica Salmaso.
A edição seguinte contou com a presença de César Camargo Mariano, Época de Ouro, Toninho Horta, Guinga, Arrigo Barnabé e Hamilton de Holanda. A Banda de Pífanos de Caruaru, o Grupo Curupira, Carlos Malta & Quarteto de Cordas, Trio Bonsai e Arranca Toco formada por Maurício Carrilho, Pedro Amorim, Proveta e Jorginho do Pandeiro, foram as grandes estrelas de terceira edição. Enquanto João Donato, Mauro Senise, Paulo Russo, Gilson Peranzzeta, Grupo Uakti, Marcio Motarroyos, Dori Caymmi & Banda Brasil Instrumental, dividiram o palco da quarta edição com Yamandu Costa e a Orquestra Jazz Sinfônica.
Já a quinta edição contou com a participação de Zimbo Trio, Marcelo Onofre e Banda, Rubinho Antunes Quarteto, Maogani, Mente Clara, Jaz in 4, Fábio Leal, André Marques, Paulo Moura, balaio de Gato, Raspa de Tacho, entre outros grupos como a Big Band Samjazz e Orquestra Tabajara de Severino Araújo.
Egberto Gismonti esteve na sexta edição, na qual participaram também Orquestra de Sopros do Brasil, Sax Bem Temperado, Sujeito a Guincho, Cacique Jazz Combo, Filó & Arismar Espírito Santos. Para a sétima entre os grupos convidados estavam o: Quarteto Café, Marcos Paiva, Trio Carapiá, Amanda Bonfim, Comboio, Sizão Machado, Daniel Alcântara, Chico Pinheiro e Fábio Torres.
E na oitava edição, estiveram presentes a Banda Brasil Instrumental, Sinfonética, Irio Jr. Amanjé, Rafael Vernet, Laércio e Freitas e Alessandro Penezzi, Banda João Camargo, Nó de Pinho, Coração Quiáltera, André Marques, Marcelo Onofre Quinteto, Lula Galvão, Valdir Verona & Rafael Deboni, Ricardo Herz, Gafieira Toninho Ferragutti. Forró Trio Macaíba, Dr. Cipó e Ricardo Vignini, Eduardo Neves Sexteto, Paulo Freire e Ivan Vilela, Marcos Tardelli, Índio Cachoeira, Orquestra a Base de Cordas de Curitiba, Trio Carapiá, Orquestra a base de Sopros de Curitiba, Cléber Almeida Sexteto, Orquestra Mundunda, Fernando Caselato, Ítalo & Renno, Hanor Gomes, Banda Marcila de Hortolândia, Caci Nunes Quarteto, Duofel, Izabel Padovani e André Marques. Além de Proveta, Moderna Tradição, Gabriel Grossi, Marco Preira, Rosinha Passos e Paulinho Paulelli, Vinicius Dorin, Na Ozzetti e André Mehmari, Borghetinho, Thiago Espirito Santo, Tri 363 e Maestro Branco.

Subprefeitura oferece oportunidade para DJs iniciantes

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, por meio da Subprefeitura Cidade Tiradentes, procura novos parceiros para incentivar os alunos do curso de DJ da Estação Juventude a alcançar o objetivo de entrar para o mundo da música. O projeto Adote um DJ vai procurar casas noturnas que ofereçam uma oportunidade de estágio para esses jovens carentes.
O Clube Caravaggio, localizado no centro da Cidade, foi o primeiro a aderir à iniciativa. O DJ Gustavo vem tocando nas festas semanais, que ocorrem às quartas-feiras e domingos.
Ainda há cerca de 20 alunos procurando estágio e a Subprefeitura Cidade Tiradentes está aberta para atender os interessados e promover o acordo entre os jovens e os estabelecimentos. O clube que tiver interesse em oferecer estágio a um DJ deve ligar para o telefone 2559-0460, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Estação da Juventude
Inaugurado no fim do ano passado, o espaço Estação da Juventude é destinado aos jovens de 15 a 24 anos, residentes no distrito de Cidade Tiradentes, nos bairros de média, alta ou altíssima vulnerabilidade social. A intenção da subprefeitura é propiciar a formação dos jovens em conceitos de cidadania, apoio educacional e capacitação com habilidades profissionais e repertório cultural nas áreas de produção musical, comunicação e expressão.
Na área de 245m² são realizadas oficinas de Arte; Cidadania e Expressão; DJ e Produção Musical; Comunicação, Leitura, Análise e Produção - Inglês/Português (Clap); Cidadania e Orientação Profissional; Capoeira; Teatro e Dança.
O local possui ainda o primeiro estúdio de som público de São Paulo com estrutura de isolamento acústico de pisos e paredes, porta acústica maciça revestida de lã de rocha.
O projeto ocorre de segunda a sexta-feira em dois períodos: o matutino, das 8h30 às 12h, e o vespertino, das 13h30 às 17h. No intervalo, das 12h às 13h30h, é servida alimentação.

Fora do Perfil (26/junho) - Lançamento do cd da Vovó Naiá(ex - BBB) + Te Dou Um Dado

Mais uma edição da Festa Fora do Perfil com muitas novidades e convidados irreverentes

Após o estrondoso sucesso da última edição, A Fora do Perfil volta no mês de junho com tudo e com novidades. Dia 26 de junho, sábado, rola a 7ª edição e os atores anfitriões Anderson Marques, Aline Moreno, Rafael Morpanini e o designer Raoni Félix convidam mais uma vez para curtir uma noitada com muita rasgação.

Os convidados desse mês prometem dar o que falar. Nesta edição a pick up será comandada por personalidades mais que irreverentes e lógico totalmente fora do perfil. Para iniciar a noite em grande estilo, a participante da nona edição do Big Brother Brasil, vovó Naiá, sem medo de ser feliz, promete colocar a galera para dançar ao som de muitos clássicos e apresentará uma das faixas do seu álbum recém lançado em parceria com o cantor Edy Lopes, intitulado de "Os Românticos".

A animação e a crítica bem humorada do Te Dou Um Dado vai estar presente na pista e fica por conta da dupla de djs convidadas, as jornalistas e redatoras do blog: Lele Siedschlag e Polly. Para quem pensa que a festa para por ai, teremos uma super apresentação surpresa com o dançarino e performer Gabriel Costa e Carol Prada, também convidados para subir na pickup.

A grande novidade é que a festa agora está em novo endereço e passa a ser realizada na badaladíssima rua Augusta. O ambiente é super moderno com decoração espelhada, capacidade para 500 pessoas, possui uma pista no térreo e um lounge com mesa de sinuca no segundo andar. Além disso, a casa oferece os melhores e mais variados drinks e bebidas da cidade.

Fora do Perfi A Festa!

A Fora do Perfil é uma festa idealizada por atores e inspirada nas sátiras publicadas pelo blog homônimo. O evento faz referência ao universo artístico, à rivalidade entre atores e modelos, ao mau humor dos diretores de teatro, responsáveis pela frase clichê em testes para as peças: "Obrigado pela sua participação, mas você está fora do perfil".

Na pista, os DJs Anderson Marques, Bombatorfb e Raoni Félix executarão hits clássicos de rítmos como disco, world music, pop, rock e até do funk carioca.



Serviço:

FORA DO PERFIL A FESTA!
7ª EDIÇÃO DIA 26 DE junho (SÁBADO). AS 23:30HRS
DJs: ANDERSON MARQUES
BOMBATORFB
RAONI FELIX

DJS CONVIDADOS SUPER ESPECIAIS:
Lelle e Polly - Te Dou Um Dado (R7)
Ex BBB Naiá


POCKET SHOW:
Ex BBB Naiá
Gabriel Soares
Carol Prada

NOVO ENDEREÇO

LOCAL : R. Augusta, 902 - Consolação - São Paulo - SP
Tel: (11) 3459-7010

ENTRADA: 15,00 /10,00 LISTA ( até a 1h)

DOOR: JANA STAR
TATO MARINHO

SITE: www.foradoperfilafesta.com.br
Twitter:@foradoperfil

ORQUESTRA ACADEMICA DA UNESP faz apresentação inaugural do Espaço Cultural Agua Branca

O prefeito Gilberto Kassab participou na noite de quarta-feira (16) da inauguração do Tattersal Espaço Cultural Água Branca, localizado no Parque da Água Branca, zona oeste da cidade. O governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman, e a primeira-dama do Estado e presidente do Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo (Fussesp), Deuzeni Goldman. O edifício histórico foi revitalizado para receber atrações culturais gratuitas.
"Este é um momento histórico, pois marca o início da recuperação de um parque tradicional na cidade de São Paulo, uma referência de lazer", afirmou Kassab.
A iniciativa faz parte do Programa de Revitalização do Parque da Água Branca da Fussesp. O prédio, que abriga o novo centro cultural, é tombado como patrimônio histórico pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat). A revitalização é uma homenagem ao 81º aniversário da área de lazer.
Além da recuperação do espaço físico, foram refeitas as partes acústicas e de iluminação. O local recebeu poltronas para atender a um público de 179 pessoas. O Tattersal receberá exposições e apresentações de teatro, música e dança. A revitalização teve como parceiros a Universidade Estadual Paulista (Unesp), a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Nove de Julho (Uninove).
O evento contou com uma apresentação da Orquestra Acadêmica da Unesp, sob a direção artística e regência do maestro Lutero Rodrigues. A vice-prefeita Alda Marco Antônio também participou da inauguração.

Fotos: Fernando Pereira / Secom.

Anúncio dos ganhadores das bolsas de estudo do Projeto Guri - 22/6, às 17h

Anúncio dos selecionados pelo Programa de Bolsas de Estudo da AAPG
Onde: Auditório da AAPG – Av. Francisco Matarazzo, 682 – Água Branca, São Paulo
Quando: 22 de junho (terça-feira), às 17h

A Associação Amigos do Projeto Guri, organização responsável pela gestão do Projeto Guri, apresentará na próxima terça-feira, dia 22 de junho, os 13 alunos e ex-alunos selecionados pela primeira edição do seu Programa de Bolsas de Estudo.

Os selecionados receberão uma ajuda de custo da organização para darem continuidade aos seus estudos em conservatórios e importantes escolas de música do Brasil e do exterior, em cidades como São Paulo, Tatuí, Sófia, Berna e Barcelona, entre outras. Mais detalhes, como o destino e características de cada um dos selecionados, serão apresentadas durante o encontro exclusivo para convidados e imprensa.

Sobre o Programa de Bolsas de Estudo

O Programa de Bolsas irá custear despesas como moradia, transporte, alimentação, aquisição de material didático, pagamento de curso ou/de honorário de professores, passagens aéreas ou terrestres ida e volta para o local de realização dos estudos, além do seguro saúde para todos os bolsistas. Além disso, e durante todo o período de vigência de cada bolsa de estudos, os bolsistas terão o acompanhamento individualizado de monitores indicados pela AAPG e adequados a cada tipo de curso contemplado.
As bolsas de estudos foram concedidas de acordo com um processo seletivo que avaliou, em sua primeira fase, os programas de estudos apresentados pelos candidatos e DVDs contendo vídeos de suas performances. Em uma segunda etapa, foram realizadas entrevistas presenciais com os candidatos. Fizeram parte das Comissões de Avaliação renomados profissionais da área musical, ligados a instituições como o Conservatório de Tatuí, Universidade Livre de Música e Osesp.
Além do ponto de vista técnico, foram critérios de avaliação questões sociais e econômicas e exequibilidade do programa de estudos – traçando, dessa forma, um perfil integral do candidato e de seu objetivo.
O número de bolsas será sempre proporcional às doações obtidas junto a pessoas físicas e aos apoios vindos da iniciativa privada, além de outras ações de captação de recursos promovidas pela área de mobilização de recursos da AAPG. Portanto, quanto maior a colaboração advinda dessas fontes, maior será o número de guris e ex-guris contemplados pelo programa. Para contribuir basta entrar em contato com Mobilização de Recursos pelo tel. (11) 3862-3323.
Mais informações sobre o Programa de Bolsas em www.projetoguri.com.br/programadebolsas.

Sobre a AAPG
A Associação Amigos do Projeto Guri (AAPG), organização social de cultura, atua desde 2004 na gestão do Projeto Guri, por meio de uma aliança estratégica com a Secretaria de Estado da Cultura. A missão da AAPG é promover, com excelência, a educação musical e a prática coletiva de música, tendo em vista o desenvolvimento humano de gerações em formação.
O Projeto Guri é o principal projeto da AAPG e existe desde 1995. O Guri é um projeto socioeducativo que oferece continuamente, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação e teoria musical, coral e instrumentos de cordas, madeiras, sopro e percussão. Atualmente o Projeto Guri atende cerca de 41 mil alunos em 315 municípios do Estado de São Paulo. Além do Governo do Estado – seu principal parceiro mantenedor – a AAPG conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.

Junior Lima, DJ Julio Torres e Amon Lima oficializam projeto ‘DEXTERZ’

Após um ano e meio de apresentações pelas principais cidades do Brasil, trio brinda o sucesso da parceria musical com festa de lançamento oficial na AnzuClub, em Itu (SP), dia 26/06

Foto: Gabriel Wickbold
Agenda praticamente lotada até o final do ano inclui apresentações no exterior
As batidas agitadas da música eletrônica se uniram às notas sofisticadas do violino e ao ritmo criativo da bateria e percussão. A harmonia dessa mistura já fez muita gente cair na pista ao som do moderno e arrojado projeto DEXTERZ, comandado por DJ Julio Torres, Amon Lima e Junior Lima. Para oficializar o lançamento e comemorar o sucesso antecipado do projeto, os músicos apresentarão o set interativo e personalizado da house music na noite de sábado, 26 de junho, na conceituada Anzuclub, em Itu (SP), a partir das 23h. A casa noturna está na lista dos 100 melhores clubs do mundo e já realizou em sua sede festas badaladas com selos como Gatecrasher, Renaissance, Godskitchen, Ministry of Sound e Club Space.
Comandando as pick-ups, tirando notas do violino e fazendo um batuque animado, eles se divertem no trabalho, tocam com prazer e, naturalmente, agitam as pessoas que escutam seu som. Essa história curta, mas de sucesso, começou de forma totalmente despretensiosa no evento Cool Awards de 2008, onde o CROSSOVER (parceria entre o DJ Julio Torres e o músico Amon Lima) ganhou o prêmio de melhor álbum nacional do ano. No evento, o duo convidou Junior Lima para uma participação especial e o resultado foi surpreendente. Agradou tanto quem estava no palco quanto quem conferiu a apresentação.
De lá pra cá, a paixão pela música e a aliança do talento individual de cada um vem agitando festas por todo o país. No total, eles realizaram mais de cinquenta apresentações, marcando presença em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia, Florianópolis, Campinas, Guarujá, Joinville, Criciúma, Belém, Palmas, entre outras.
Com agenda praticamente fechada para o resto do ano, o projeto ainda tem data marcada para embarcar para os EUA e fazer tremer o território americano. “Começamos o projeto sem muita pretensão, mas a receptividade do público foi excelente, por isso, pretendemos levar o sync harmonioso e a energia positiva criada pela mistura da música clássica com a eletrônica para todos os cantos” diz Julio Torres, DJ há 17 anos e residente do D-Edge, em SP.
O baterista Junior Lima, que vendeu mais de 17 milhões de cópias ao lado da irmã, Sandy, demonstra interesse pela cena eletrônica há muito tempo e reforça sua versatilidade enquanto músico neste projeto. “Fizemos alguns experimentos pra deixar o som mais hi-tech. Usamos, por exemplo, controles de Nintendo WiiMode, alguns iPads e iPod Touch para controlar e disparar sons”, exemplifica.
Segundo Amon Lima, virtuoso violinista integrante da Família Lima, a sintonia entre os integrantes do Dexterz é perfeita e contribui para a realização de apresentações únicas. “Não ensaiamos nosso set, deixamos rolar a criatividade e o resultado sempre nos agrada. Nossas apresentações são sempre uma surpresa. Não só para o público mas pra gente também”, diverte-se.
Nos próximos meses, os Dexterz viajam para os estados de Minas Gerais, Amazonas, Santa Catarina, Espírito Santo, Piauí, Goiás, São Paulo, Alagoas, Bahia e Paraná. E com tamanho sucesso, a cobrança por um primeiro CD com as próprias criações fica inevitável. “É possível que isso aconteça mais pra frente. Por enquanto vamos focar nas nossas performances ao vivo e deixar rolar”, finaliza Junior Lima.

Sobre o Anzuclub
Em 1997, o empresário Miltinho Muraro inaugurou o Anzuclub. Uma atitude pioneira na cena eletrônica nacional e que hoje é considerado um dos clubs mais conceituados do Brasil e do mundo. A casa, localizada em Itu, interior de São Paulo, é presença constante na lista das 100 melhores casas do mundo do ranking da DJ Mag, a bíblia da música eletrônica. Com capacidade para atender até 3 mil pessoas por noite, o Anzuclub atrai mais de 15 mil amantes da e-music todos os meses. A infra-estrutura da casa conta com estacionamento próprio para 500 carros e uma estrutura high-tech multifuncional dividida em três ambientes: Pista principal, mezanino e o espaço da terraza Open Air.

Crédito foto: Gabriel Wickbold/Divulgação

SERVIÇO

Realização: Tune Agency e AnzuClub
Data: 26 de junho (sábado)
Local: AnzuClub – www.anzuclub.com.br
End.: Avenida Tiradentes, 2.555 – Itu-SP
Horário: 23h
Reservas: 11 4024 8810
Proibida entrada de menor de 18 anos. Obrigatório apresentação de RG original

VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO DA MÚSICA GOSPEL RECEBEM HOMENAGEM NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Eduardo Berzin Filho, presidente da EBF Comunicações, agradece homenagem recebida na Assembleia Legislativa de SP.

A notícia a serviço da Igreja brasileira. Com este propósito, que há mais de dez anos, norteia os produtos e serviços da EBF Comunicações, que publica as Revistas Igrejas, Consumidor Cristão, portal Creio, TV Cristã, e promove a EXPOCRISTÃ e a Rio Cristã, através de seu presidente Eduardo Berzin Filho, recebeu nesta segunda-feira, dia 21 de junho, no Plenário Juscelino Kubitschek , em comemoração ao dia da mídia.
Solicitada pelo deputado José Bruno (DEM), a sessão solene foi dividida em três categorias: veículos evangélicos, instituições ligadas à comunicação e profissionais de imprensa. Ao todo foram 22 agraciados, que representaram as mais diversas áreas da mídia e da comunicação. Eduardo Berzin Filho recebeu títulos ao lado do apresentador de TV, Éber Cocarelli; o comentarista da Rede Record, Percival de Souza e o diretor de comunicação da Sociedade Bíblica do Brasil, Erni Seibert; e representantes da Sepal, Amme e Portas Abertas.
Representando o grupo EBF Comunicações, Berzin agradeceu a iniciativa do deputado José Bruno. “A EBF Comunicações, através de seus veículos como as revistas Igreja, Consumidor Cristão, portal Creio, TV Cristã e a EXPOCRISTÃ fazem parte de um grande ministério, um chamado de Deus para servir à igreja brasileira através da notícia e de grandes mobilizações. Somos agradecidos por este reconhecimento”, enfatizou.
O evento contou ainda com números musicais com a líder do Ministério Diante do Trono, Ana Paula Valadão; Denyse Bittencourt, o instrumentista Rodrigo Soeiro, o saxofonista André Paganelli e o Coral Metropolitano Evangélico de São Paulo, com 15 vozes, participaram da solenidade. O apresentador da RIT Eber Cocarelli, também recebeu a congratulação e lembrou de como a Igreja, após resgatar áreas como a Educação Cristã, a Música, Literatura, agora precisa alcançar as comun icações. “Precisamos de credibilidade. Termos de desafio de falar para o mundo e não para os crentes.”. Após número de Denyse Bittencourt, Percival de Souza, o comentarista da Rede Record, lembrou que a pomba na Arca de Noé foi o primeiro repórter citado na Bíblia. “Servir a Deus através da notícia exige de nós conhecimento e determinação perante os ateus contemporâneos. Propagar o Evangelho é um serviço que Ele nos confiou”, finalizou.

SESC ITAQUERA - PROGRAMAÇÃO MUSICAL DE JULHO/2010

MÚSICA




shows

SOM EM SINTONIA

Apresentação de orquestras sinfônicas com repertório erudito e a participação especial de renomados artistas da música popular brasileira. Uma fusão de estilos musicais para promover a diversidade musical e as transversalidades. Além de criar espaço para a formação de platéia.



Sinfônica Heliópolis e Rappin Hood

Um encontro inusitado. De um lado a Sinfônica Heliópolis. Do outro, o convidado, Rappin Hood. O resultado é um espetáculo cujo repertório especialmente arranjado para este show, representa um marco na história do projeto Som em Sintonia. É o encontro da cultura erudita e urbana, em atitude de plena afirmação da capacidade de que a arte, através da música como veículo, é dotada de caráter emancipatório e cidadão. 75min. Palco da Orquestra Mágica.

18/07. Domingo, às 15h.



TODOS OS SONS

Difusão de todos os gêneros da cultura musical.



Trio La Dolce Vita

Com Tatiana Paciello (Violino), Guilherme Faria (Violão) e Miranda Bartira (Contrabaixo). No programa o cinema dos anos 30 aos 50 do século XX; o Trio interpreta temas de Luzes da Ribalta e Tempos Modernos, Casablanca, O Mágico de OZ, A Ponte do rio Kwai, A estrada da Vida, Folhas mortas, entre outros. 60min. Café Aricanduva.

04/07. Domingo, às 15h.



Tempos Modernos Trio

Com Edu Malta (baixo), Joab Augusto (sax e flauta) e Hércules Gomes (piano). No repertório dedicado a músicas do cinema das décadas de 30, 40 e 50 do século XX, estão presentes: Smile (Tempos Modernos, 1936); Marian e Robin Love Theme (As Aventuras de Hobin Hood-1938); When You Wish Upon A Star (Pinocchio-1940); Night and Day (Night and Day -1946), Alice in Wonderland (Alice no Pais das Maravilhas-1951), entre outras. 60min. Café Aricanduva.

09/07. Sexta, ás 15h.



Quarteto Imperador

Com Anderson Dubiniack (1º violino), Kéder Cândido (2º violino), Bel Rebello (viola) e Sueldo Francisco (violoncelo). Fruto da admiração pelo gênero camerístico, o quarteto é composto por instrumentistas de sólida formação, atuantes nas melhores orquestras e grupos de câmara do cenário musical brasileiro. No repertório o melhor da música para cinema. 60min. Café Aricanduva.

11/07. Domingo, às 15h.



Hercules Gomes Trio

Com Hércules Gomes (piano), Joab Augusto (sax e flauta) e Edu Malta (baixo). O trio apresenta arranjos modernos e adaptados para a formação de piano, sopros e baixo, que por sua vez, dão uma nova roupagem aos eternizados temas de filmes dessas três clássicas décadas do cinema (anos 30, 40 e 50 do século XX). No repertório: Tara' Theme (E o Vento Levou), As time Goes By (Casablanca) e Singn'in the Rain (Cantando na Chuva). 60min. Café Aricanduva.

25/07. Domingo, às 15h.



especial

TODOS OS SONS

Difusão de todos os gêneros da cultura musical.



DJ Slick e MC Max DMN

Max Dmn é rapper da banda DMN. Dj Slick fundou o DMN, em 1989. Na performance musical, ambos mostram a agilidade e beleza da cultura urbana. 30min. Ginásio de Esportes.

07/07, 08/07, 14/07, 15/07, 16/07. Quartas, quintas e sexta, às 10h.



oficinas

TODOS OS SONS

Difusão de todos os gêneros da cultura musical.



MC

A oficina de MC (Mestre de Cerimônia) ou cantor de Rap busca desenvolver a percepção musical por meio de atividades lúdicas e noções de composição. Além disso, por tratar-se de atividade de cunho sóciocultural e educacional, oferece aos participantes a possibilidade de se expressar, contar e cantar sua realidade, fomentando o protagonismo. 60min. Auditório.

07/07, 15/07. Quarta e quinta, às 11h.



Discotecagem

Com Dj Slick. A formação de grupos de hip-hop, iniciação à teoria musical: compasso, nome dos instrumentos, arranjos musicais e noções técnicas no manuseio dos equipamentos, mixagem e colagens; batidas, samplers, scraths e outros efeitos estão nos conteúdos desta oficina para iniciantes. 60min. Auditório.

08/07, 14/07, 16/07. Quarta, quinta e sexta, às 11h.

Maestro João Carlos Martins rege 1º Encontro Musical pela Democracia, Educação e Felicidade

Foto: Fernando Mucci

Evento comemora um ano do Instituto Vladimir Herzog

O Instituto Vladimir Herzog, em parceria com o Movimento Mais Feliz, promove no dia 3 de julho, às 21h, na Sala São Paulo, o 1º Encontro Musical Brasileiro pela Democracia, Educação e Felicidade. Uma iniciativa que reúne grandes nomes da música nacional em comemoração ao aniversário de um ano do Instituto.
Com o conceito de que as mãos têm o poder de transformar ideias num mundo melhor, o encontro tem como foco a união das mãos do maestro, do jornalista Vladimir Herzog e de todos que participam do Movimento Mais Feliz. Mãos que, juntas, trabalham para escrever novas histórias para novos brasileiros que buscam democracia, educação e felicidade.
Segundo Ivo Herzog, presidente do Instituto Vladimir Herzog, o objetivo é que este concerto seja o primeiro de uma série que irá comemorar não apenas o primeiro aniversário do Instituto, mas também a Semana Vladimir Herzog, que coincide com a data de nascimento do seu pai (Vladimir Herzog nasceu em 27 de junho de 1937). “Mais do que festejarmos as conquistas e os projetos realizados pelo Instituto, nosso objetivo é celebrar o que Vlado foi em vida: um profissional respeitado, ético e que nos deixou um legado de profissionalismo e luta”, explicou.
Na programação, regência do Maestro João Carlos Martins e do músico Sergei Eleazar de Carvalho, além de participações especiais com a cantora Fafá de Belém, a bateria da Escola de Samba de São Paulo Vai-Vai, a Orquestra Filarmônica Bachiana SESI-SP e o Coro do projeto “A Música Venceu”, formado por crianças da comunidade de Paraisópolis (SP).
Um espetáculo completo e com muitas novidades, como a apresentação da sinfonia nº 4 de Tchaikovsky na primeira parte do concerto, além de Fafá de Belém cantando Villa Lobos, fazendo dueto com o tenor da Filarmônica Jean William e apresentando uma nova versão do Hino Nacional Brasileiro junto ao piano do Maestro João Carlos Martins. “Quando a Clarice Herzog me convidou para fazer o evento, me senti profundamente privilegiado. O concerto é um ‘Ode à alegria’, uma celebração e, sem dúvida, vai fazer parte da história da Sala São Paulo”, afirmou João Carlos Martins.
O evento terá toda a sua renda revertida ao Instituto Vladimir Herzog.
Sobre o Instituto
Criado oficialmente em 25 de junho de 2009, o Instituto Vladimir Herzog é uma organização social sem fins econômicos. Sua missão é contribuir para a reflexão e produção de informação voltada ao Direito à Vida e à Justiça. Além disso, tem o objetivo de não apenas preservar a memória da vida e do trabalho de Vladimir Herzog, mas também manter atenção sobre os graves problemas sociais, políticos e econômicos que ainda hoje afetam o Brasil. Vlado era conhecido por sua exigência e por sua busca incansável pelo jornalismo ético e de qualidade. Seu legado será levado adiante pelo Instituto que tem como uma de suas metas a promoção do debate sobre o papel do jornalista, principalmente com novas mídias disponíveis como a internet, blog, Twitter, entre outros.
Sobre o Movimento Mais Feliz
O Mais Feliz é um movimento apartidário, não-governamental e não-assistencialista que reúne cinco pilares: conscientizar a população, mobilizar a sociedade, estimular a participação, capacitar multiplicadores e motivar as pessoas a se doarem. A defesa da inclusão do “direito à busca da felicidade” na Constituição também é uma iniciativa do Movimento. Batizada de PEC da Felicidade, a proposta não só prevê a modificação do artigo 6º da Constituição, incluindo o “direito à busca da felicidade” como uma questão de Estado, como também estimula a criação de novo índice de desenvolvimento no Brasil.
Sobre João Carlos Martins
Em 1982, João Carlos Martins foi tema de uma reportagem de segunda página inteira do The New York Times, tendo ainda recebido, por diversas vezes, artigos exaltando o seu trabalho neste mesmo jornal. Capa do Washington Post, João Carlos continuou levando a música clássica para as primeiras páginas dos jornais nos EUA.
Com sua vida registrada em dois documentários europeus vencedores de festivais internacionais, enfatizou seu sucesso em território internacional. Hoje, ele continua levando a sua arte a todos aqueles que tenham oportunidade de ouvi-lo, assumindo a sua responsabilidade social no Brasil.
Após uma carreira meteórica como pianista, com mais de mil apresentações no exterior, João Carlos Martins deixou como legado a gravação completa da obra de J.S.Bach para teclado. Considerado um de seus maiores intérpretes do século XX, apesar das inúmeras adversidades, ele acabou por abandonar o piano definitivamente no ano de 2003.
Em 2004, iniciou uma nova carreira aos 63 anos como maestro, transformando-se no músico clássico brasileiro mais requisitado pelo Brasil afora, seja com a sua Bachiana Filarmônica ou com a sua Bachiana Jovem.
No ano de 2008 e 2009, realizou dois concertos históricos no Carnegie Hall de Nova York para 2.800 pessoas e se apresentou inúmeras vezes nos principais teatros nacionais, levando a sua música clássica para 350 mil brasileiros em recintos fechados e para mais de um milhão em concertos públicos ao ar livre.
O seu trabalho social de musicalização para crianças, ao lado da Fundação Bachiana, já é reconhecido não só no Brasil como também no exterior. Sua determinação e poder de superação também são destaque em sua trajetória e servem de exemplo de vida.
Esse é João Carlos Martins, que com seu depoimento e apresentação emocionou a todos ao final do último capítulo da novela da TV Globo, “Páginas da Vida”.

SERVIÇO:
“Encontro pela Democracia, Educação e Felicidade”
Data: 3 de julho (Sábado)
Horário: às 21h
Duração do espetáculo: 1h20
Classificação etária: livre

Preços:

- Balcão Mezanino: R$ 180,00

- Platéia Elevada: R$ 100,00

- Platéia Central: R$ 120,00

- Camarote Superior: R$ 60,00

- Coro: R$ 65,00

- Vendas: Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br e 4003-1212)
- Local: Sala São Paulo - Praça Júlio Prestes, 16, Luz - Centro (Metrô Luz)

MOSTRA OLONADÉ CELEBRA A CENA NEGRA BRASILEIRA

OLONADÉ reunirá no período de 08 a 26 de julho atrações entre 12 espetáculos, 12 oficinas, 4 palestras e 6 filmes, todas com entrada franca

A partir de 08 de julho, o bairro de Santa Teresa será palco da segunda edição do OLONADÉ - A cena negra brasileira - um evento pioneiro no estado do Rio de Janeiro que reunirá Companhias de Teatro, Dança e produções independentes vindas de diferentes regiões do Brasil e que tenham em comum o desenvolvimento de trabalhos voltados para a valorização da arte e da cultura negras.


Idealizado pela Cia dos Comuns (grupo teatral carioca dirigido pelo ator Hilton Cobra, responsável pela encenação dos espetáculos Candaces - a reconstrução do fogo; Bakulo - os bem lembrados; A Roda do mundo; e Silêncio), OLONADÉ reunirá no período de 08 a 26 de julho atrações entre 12 espetáculos, 12 oficinas, 4 palestras e 6 filmes, todas com entrada franca.

As oficinas possibilitarão que atores e bailarinos troquem experiências com renomados nomes das artes cênicas e da dança. O evento abre este espaço para que talentos sejam descobertos e aperfeiçoados com os artistas de longa estrada.



ESPETÁCULOS

O público poderá conferir espetáculos teatrais como: Besouro Cordão de Ouro/RJ, dir. João das Neves; Negro de estimação/PE, dir. Kleber Lourenço; Casa de ferro/BA, dir. Mauricio Assunção; O subterrâneo jogo do espírito/RJ, dir. Rodrigo dos Santos; O cheiro da feijoada/RJ, dir. Iléa Ferraz; OriRe - Saga de um herói que confrontou a morte/RJ, dir. Gustavo Mello; e Sete ventos/RJ, dir. Débora Almeida, e espetáculos de dança com as companhias Cia Rubens Barbot Teatro de Dança/RJ e Cia Étnica de Dança e Teatro/RJ, e os espetáculos Chão/RS, dir. Jessé Oliveira, e Terra sonâmbula/MG, dir. Rui Moreira.

OFICINAS

As oficinas serão conduzidas pelos profissionais Amir Haddad/RJ e Luiz Marfuz/BA (direção teatral); Zebrinha/BA e Rubens Barbot/RJ (dança); Jarbas Bittencourt/BA (música de cena); Puan Viana/RJ (percussão); João Lopes/RJ (dicção); Pedro Lima/RJ (canto); Fernanda Julia/BA (interpretação); Mestre Marrom/RJ (capoeira); Felipe Koury/RJ (Ai Kido); e Marcelinton PJ/RJ (técnicas circenses).

PALESTRAS

As palestras ocorrerão no dia 08, no Auditório da Biblioteca Nacional, e abordarão os temas: Herança africana, com a profª doutora Mônica Lima/RJ; Religiões de matriz africana, com o Pai Adailton/RJ; Em torno das saliências estéticas do nosso Teatro Negro, com a doutora Evany Tavares/SP; e Dança, com a profª doutora Renata Lima/GO.

CINEMA

Já o cinema, que terá sede no Afro Carioca de Cinema, estará representado pelos filmes: Eu não ganhei esse edital, dir. Julio Pecly; Santas ervas, dir. Lincoln Santos e Alexandre Nascimento; Se todos fossem iguais, dir. Fernando Barcellos e Joyce Santos; XIII Marcha Noturna, dir. Viviane Ferreira; Estação Realengo, dir. Carlos Maia; e O maestro das ruas, um mergulho na alma brasileira, dir. Dudu Fagundes.

Hilton Cobra, coordenador do projeto, justifica a realização de OLONADÉ: "É paradoxal que no país que abriga a segunda maior população negra do mundo, e que evoca como símbolos de sua cultura a música, a dança e a culinária negras, o teatro e a dança profissionais ainda expressem de forma tão tímida a influência da gente negra na sociedade brasileira. É fundamental criarmos meios para que as artes cênicas brasileiras sejam capazes de dar conta de uma realidade mais total: mostrar o negro - e a sociedade, em consequência - discutindo, avaliando, ocupando lugar de dono de seu próprio destino. Portanto, realizamos o OLONADÉ com o intuito de criar meios que possam incentivar a criação e o desenvolvimento de trabalhos que abarquem uma cosmovisão artisticamente negra no âmbito das artes cênicas. Sem dúvida um grande desafio, mas sobretudo uma necessidade histórica e cultural", argumenta Cobra.

Esta versão do OLONADÉ é realizada graças aos Prêmios Myriam Muniz/FUNARTE e Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras/PALMARES; ao patrocínio da Petrobras e aos apoios culturais de Oi Futuro, Firjan, Cadon e Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

"Toyota Trilhas da Natureza" com show do Paralamas do Sucesso

"Toyota Trilhas da Natureza" chega no dia 26 de junho à Indaiatuba (SP) com programação especial para toda a família, incluindo atividades socioambientais e culturais

Entre as atrações estão os shows da banda "Os Paralamas do Sucesso", "Banda PB", grupo "República du Som", "Banda Clã" e a "Orquestra Jovem, sob a regência de Roberto Sion" além de peças de teatro infantil, oficinas socioambientais e diversas atividades que alertam para a preservação do meio ambiente. Durante o evento haverá linha circular gratuita para atender a população e alteração do trânsito nas imediações do Parque

Os veículos interessados em fazer credenciamento, por favor, passem por e-mail prado@paulomarra.com.br ou pelo celular (11) 9255-5383 os nomes dos fotógrafos e equipes que irão fazer a cobertura. Confirmaremos o recebimento de todos e informaremos o procedimento do atendimento à imprensa durante o evento.


A Toyota do Brasil apresenta no dia 26 de junho (sábado), no Parque Ecológico de Indaiatuba (SP), "o projeto Toyota Trilhas da Natureza" das 9h às 22h30, evento apoiado pela Fundação Toyota do Brasil e pela Prefeitura Municipal de Indaiatuba. A proposta é estimular o interesse ao aprendizado de questões relacionadas ao meio ambiente e também oferecer cultura e lazer à população. O evento "Toyota Trilhas da Natureza" contará ainda com neutralização de emissão de CO2.

Essa será a quinta edição do projeto e a segunda vez que acontece em Indaiatuba. Cidades como Guaíba (RS) (duas vezes) e São Bernardo do Campo (SP) (uma vez) também já receberam o "Toyota Trilhas da Natureza". Nas outras quatro edições mais de 94 mil pessoas participaram das diversas atividades do evento, sendo 40 mil crianças.

O "Toyota Trilhas da Natureza" contempla e valoriza os talentos locais. Para essa edição foram contratados 80 monitores, sendo 40 deles estudantes ou formados em diversos cursos como biologia e meio ambiente em universidades da região. Essa equipe irá coordenar as atividades socioambientais por meio de oficinas durante todo o evento. Com essas oficinas pretende-se transmitir e disseminar o conhecimento das questões socioambientais, além de gerar renda local com a contratação desses monitores.

Na programação do "Toyota Trilhas da Natureza", que também tem o apoio da Fundação SOS Mata Atlântica, os visitantes participarão de Oficinas de Plantio, que ensinam como utilizar produtos do cotidiano para transformar em terra orgânica; A Mata Atlântica é Aqui que mostra o equilíbrio existente entre as espécies e a importância do uso racional da água. O Túnel dos sentidos, em que os participantes presenciam uma simulação da Mata Atlântica através dos relevos, texturas, odores e sons reproduzidos no túnel, entre muitas outras atr ações. (Ao final do texto é possível conferir os horários e descritivos de cada atividade).

Todos os participantes das oficinas preenchem formulários, depositam nas urnas e concorrem a sorteios de bicicletas, MP3 Players e Kits da SOS Mata Atlântica.

Além das oficinas e atividades serão apresentadas peças de teatro infantil como o espetáculo "Menina Carolina, em defesa do planeta", da Cia Teatral Matéria Prima que fará exibições em dois períodos, um pela manhã e outro à tarde. A peça conta a aventura de uma garota em busca de quem destruiu o seu jardim. Nesta aventura, o Senhor Poluição é o causador do problema, e Carolina tenta impedi-lo de causar mais destruição. O espetáculo tem direção de Gerê Canova e ensina as crianças a cuidar e proteger o planeta.

Os participantes também poderão acompanhar o teatro de fantoches "Amigos da Mata", que de forma lúdica aborda temas como a preservação do meio ambiente e a conscientização ecológica. Os personagens centrais da apresentação são oriundos da Mata Atlântica e representados pelo Pau Brasil, Mico Leão dourado, papagaio e outras espécies do bioma.

Pela manhã, próximo da hora do almoço, a Orquestra Jovem sob a regência de Roberto Sion apresentará um repertório com forte influência do jazz. No set list estão Moonlight Serenade, de Glenn Miller, Frevo do Orfeu, de Tom Jobim, Don´t Be That Way, de Benny Goodman, Amor até o Fim, de Gilberto Gil, entre outros. Roberto Sion é um dos nomes mais importantes da música instrumental brasileira, além de saxofonista, flautista e clarinetista, ele também é reconhecido pelo seu trabalho de compositor, arranjador, maestro e professor.

No período da tarde a animação começa com a Banda PB. O Grupo formado por cinco músicos que reuniram e reinventaram vários arranjos de grupos que influenciaram de alguma maneira o rock atual, como por exemplo, Legião Urbana, Titãs, Ira, Barão Vermelho, Ultraje a Rigor, Lobão, Lulu Santos, e outros ícones dos anos 80, com reefs de A-ha, Cindy Lauper, Michael Jackson, U2, Dire Straits e demais sucessos da época. A banda é formada por Roberto Tempesta (Guitarra e Vocal), Marcio Mossa (Baixo e Vocais), Fabrício Brandini (Sax, Flauta e Vocais), Rafael Brandini (Trompete e Violino) e Marcelo Lambert (Bateria e Percussão).
A Banda República du Som segue o roteiro musical do evento. Suas influências são diversificadas e viajam do Rock ao MPB, dos clássicos ao Pop e mais uma infinidade de composições de estilos diferentes. Atualmente o grupo de Campinas tem realizado shows nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná em casas noturnas, bares, festas universitárias, feiras e festivais. A banda é formada por Juliano Malatesta (Bateria), Ale Cavena (Guitarra/Backing Vocal), Thiago Patrucci (Baixo), Ricardo Dias (Guitarra/Backing Vocal) e Beto Sanches (Voz).
A outra atração musical é a Banda Clã. Com Tati Wan, nos vocais, Mau Borelli, no piano e Briel Trevisan, na bateria, o trio paulista realiza uma interpretação bem humorada e com um repertório que varia de Los Hermanos, Maria Rita, a miscelânea groove-soul-funk de Jamiroquai passando pelo soul de Amy Winehouse.

Como destaque principal e para fechar o evento, Os Paralamas do Sucesso traz em seu repertório os principais sucessos da carreira e músicas do seu mais recente álbum Brasil Afora lançado em 2009. Mantendo a mesma formação desde 1982 com Herbert Vianna (guitarra e vocal), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (baixo) o trio é um dos maiores expoentes do rock nacional tanto pela popularidade quanto pelo prestígio e promete levantar o público com as canções "Lanterna dos Afogados" e "Meu Erro".

DESCRITIVO DAS ATIVIDADES SOCIOAMBIENTAIS

Oficina de Plantio
As oficinas ensinam sobre o plantio de mudas de pequeno e médio porte, adequadas para o espaço urbano. Fortalecendo o tema do Ano da Biodiversidade, o público terá acesso a técnicas de plantio de diversas espécies arbóreas nativas (frutíferas e ornamentais) e semeadura de hortaliças. Também terão acesso a demonstrações de transformação dos materiais que fazem parte do dia a dia (folhas, restos de corte de grama, cinzas, casca de ovo, borra de café, etc.) em componentes da terra orgânica e de como fazer o transplante da muda de tubete para um recipiente maior. Haverá orientação quanto à rega, plantio definitivo, estaqueamento e adubações futuras.

Túnel dos sentidos
O túnel proporciona o resgate do ambiente da floresta, neste caso a mata atlântica, por meio dos sentidos. Os participantes serão convidados a passar pelo túnel da floresta onde o clima, relevos, texturas, odores e sons reproduzirão o ambiente. Serão usadas exemplares de árvores, sementes, folhas secas, pedras, grama sintética, essências, pedras e folhas secas para dar autenticidade ao túnel.

Jogos
Conhecimento e curiosidades sobre espécies nativas e exóticas da Mata Atlântica e jogos interativos com diferentes temáticas sobre o meio ambiente. São eles: Jogo da Cidadania, Jogo da Água, Jogo da Memória, Jogo da Coleta Seletiva, Roda das sensações e Roda da Biodiversidade.

A Mata Atlântica é aqui
Painéis cenográficos e dinâmicos com abordagens sobre a Mata Atlântica com relação ao equilíbrio existente entre as espécies, o processo de desequilíbrio promovido a partir da intervenção da cadeia produtiva e sobre o uso responsável da água.

Os painéis utilizados serão: Painel do Clima, Painel da Mata Atlântica, Painel Quantidade de água no planeta, Painel Ciclo das Águas, Boas Práticas Começam em Casa - Uso Racional da Energia Elétrica, Monitoramento da água, Maquete socioambiental, entre outros.

Nesse tenda também haverá uma outra atividade realizada pelo projeto Mucky, uma ONG de Itu que atua na proteção dos sagüis endêmicos. As pessoas serão convidadas a entrarem dentro de uma gaiola por dois minutos para escutarem uma história. O objetivo é sensibilizar os participantes sobre a extinção dos sagüis.

Espaço Amigos da Mata
Atividades interativas sobre uso racional da água dentro de casa, consumo responsável - utilizando a técnica dos 3 Rs (reduzir, reciclar e reutilizar) e temas ligados a biodiversidade da Mata Atlântica.
A instalação Amigos da Mata representa alguns espaços do cotidiano - casa, escola, loja e rio - e foi pensada como atividade de educação ambiental que estimula a reflexão sobre hábitos sustentáveis e conhecimentos sobre a responsabilidade do cidadão e consumidor com o meio ambiente, em especial, com a biodiversidade da Mata Atlântica.

Trilha interpretativa
Percorrendo o Parque Ecológico de Indaiatuba o visitante presencia diversas espécies nativas da Mata Atlântica como Jequitibá rosa, Jequitibá branco, Ipê amarelo, Ipê Roxo, Aroeira Pimenteira, Jerivá, Jacarandá, Oiti e o Ingá. O Parque também contribui para a conservação do Córrego do Barnabé e seus bosques servem de abrigo e fonte de alimento para a fauna da região.
Programação

Manhã

9h às 12h Oficinas Socioambientais
10h às 10h25 Teatro Menina Carolina, em defesa do planeta
11h às 11h30 Divulgação dos Vencedores Projeto Ambientação
11h30 às 12h10 Orquestra Jovem sob a regência de Roberto Sion
12h10 às 12h40 Sorteio de Prêmios

Tarde

12h às 17h30 Oficinas Socioambientais
14h às 14h25 Teatro Menina Carolina, em defesa do planeta
15h às 15h45 Apresentação Banda PB
15h50 às 16h Sorteio de Prêmios
16h15 às 16h40 Teatro Amigos da Mata
16h45 às 17h30 Apresentação Banda República du Som
17h30 às 17h45 Sorteio de Prêmios
18h às 18h30 Apresentação dos Vencedores Projeto Ambientação
18h45 às 19h30 Apresentação Banda Clã
20h às 21h15 Show Os Paralamas do Sucesso


"PROJETO TOYOTA TRILHAS DA NATUREZA"

Principais atrações: Os Paralamas do Sucesso, Orquestra Jovem sob a regência de Roberto Sion, Banda PB, Banda República du Som, Banda Clã, Teatro "Menina Carolina, em defesa do planeta", Teatro "Amigos da Mata"e Oficinas Socioambientais


Data: 26 de junho de 2010 (sábado)
Horário: das 9h às 22h30.
ENTRADA FRANCA
Local: Parque Ecológico de Indaiatuba
Endereço: Av. Fábio Roberto Barnabé, 709 - Indaiatuba - SP


O local possui acesso para deficientes, banheiro químico, bombeiros, posto médico de apoio e ambulância.

Trânsito nas imediações do Parque: a Avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé será interditada no trecho entre a Rua Sebastião Nicolau e a rotatória da Avenida Presidente Kennedy com a Avenida Conceição. Os veículos que estiverem no sentido bairro-centro devem desviar pela Rua Sebastião Nicolau.  
Como chegar:
Moradores da cidade de Indaiatuba
Para atender ao público da cidade foi criada uma linha circular gratuita que sairá em horários definidos de diversos pontos da cidade em direção ao Parque Ecológico de Indaiatuba.

O transporte, uma parceria com a Viação Guaianazes, funcionará nos seguintes locais e horários:

PONTOS DE PARTIDA
Bairro Locais Horários
Jardim Morada do Sol . Praça do Lago
. Praça do Parque Corolla
. Rua sem saída atrás da EMEB Luis Carlos (próximo residencial Cocais I e II) IDA: saídas às 8h, 13h e 14h

VOLTA: das 9h às 18h
Jardim João Piolli . Quadra do Projeto Educando para a Vida
Jardim Carlos Aldrovandi . Centro Comunitário
Parque Residencial Indaiá . Praça em frente à EMEB Balaminutti
Jardim Brasil . Em frente a EMEB Dom Ildefonso

De carro
Rodovia Castello Branco (SP 280)
Chegando à região de Sorocaba (Km 78) entre na Rodovia José Ermírio de Moraes (SP-75), mais conhecida como "Castelinho", no sentido de Campinas.
Rodovia Anhanguera (SP 330)
Ao chegar no Km 92, pegar o acesso a Rodovia Santos Dumont para Campinas/ Indaiatuba
Rodovia Marechal Rondon (SP 300)
Ao chegar à região de Itu, pegue a Rodovia José Ermírio de Moraes (SP-75), mais conhecida como "Castelinho", no sentido Indaiatuba/Campinas.

De ônibus
Por São Paulo
- Terminal Rodoviário do Tietê - Durante o dia existem linhas de para Indaiatuba

Por Campinas
- Ônibus metropolitano (circular) para Indaiatuba com linha a cada 40 minutos.

Lançamento da Feira Música Brasil 2010

Belo Horizonte sedia este ano a 3ª edição da Feira Música Brasil

Iniciativa do Ministério da Cultura, o evento terá cinco dias de shows gratuitos para a população e movimentará o mercado da música, em dezembro.
A Feira Música Brasil passa a ser itinerante em 2010. Entre os dias 08 e 12 de dezembro Belo Horizonte (MG) será sede do evento que leva à cidade uma série de shows, palestras, painéis, estandes, mostras audiovisuais e de tecnologia, capacitações e rodadas de negócios promovendo, com isso, um grande encontro entre artistas, entidades e profissionais do mercado nacional e internacional de música.
A Feira Música Brasil é uma iniciativa do Ministério da Cultura realizada pelo Centro de Música da Funarte (CEMUS) com a parceria do Conselho Rede Música Brasil, formado por 15 entidades nacionais que representam os diferentes elos da cadeia cri ativa e produtiva da música, e conta com os apoios da Prefeitura de Belo Horizonte e do Governo de Minas Gerais.
Por onde passa, a Feira oferta a promoção de profissionais da região incorporando em seu staff os diversos serviços para a realização deste grande evento.
Com o objetivo de abranger todos os ritmos e estilos nacionais, bem como todos os ramos do mercado musical - independente de tamanho -, a Feira Música Brasil abre discussões e aponta os caminhos desse mercado para o ano seguinte: “Estima-se que a economia da Cultura movimente cerca de 6% do PIB e sabemos que boa parte provém da música. Com estrutura e organização, o segmento pode dar conta dos novos modelos de negócios que surgiram com a era digital.”, explica o diretor executivo da feira, Carlos “KK” Mamoni Júnior. A edição de 2009, em Recife (PE), recebeu um público de 400 mil pessoas durante cinco dias, em 35 shows, 100 mil pessoas nos 79 shows no Circuito Off Feira, 10 mil visitantes na área de experimentação da Feira e mais de 320 empresas, que geraram mais de 11.520 negociações, aferida pelo IBOPE. Estima-se que o volume gerado de negócios foi em torno de 50 milhões de reais. Também foram apresentados 45 painéis com convidados do mercado da música mundial, com 3 mil ouvintes. E mais de 2 milhões de pessoas ouviram as transmissões da FMB pelas rádios públicas.
A Feira Música Brasil também é um espaço de encontro dos profissionais da música para a discussão dos temas específicos do setor: “O espírito é esse. Juntar, agregar, possibilitar que a diversidade do nosso setor musical possa sentar numa mesa, ou em várias, para procurar caminhos para o futuro da música brasileira. Isto envolve fazer negócios e discutir política. Ou o contrário, fazer política e discutir negócios”, sinaliza Cacá Machado, Diretor do Centro de Música da Funarte/MinC.

O Conselho Rede Música Brasil é formado, atualmente, pelas seguinte entidades: ABMI (Associação Brasileira da Música Independente), ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Discos), ABER (Associação Brasileira de Editoras Reunidas), ABEM (Associação Brasileira de Editoras de Música), ABRAFIN (Associação Brasileira de Festivais Independentes), ABEART (Associação Brasileira de Empresários de Artistas), ARPUB (Associação das Rádios Públicas), Fórum Nacional da Música (FNM), Fora do Eixo, Central Única das Favelas (CUFA), Casas Associadas, Brasil Música & Artes (BM&A), Federação das Cooperativas de M&uacut e;sica, ABM (Academia Brasileira de Música) e Música Para Baixar. Diante da inexistência de entidades nacionais que representem a música de concerto, o Conselho convida profissionais que atuam no setor.
FEIRA MÚSICA BRASIL 2009
A Feira Música Brasil, idealizada em 2006, aconteceu, pela primeira vez, em fevereiro de 2007, na cidade do Recife. Foi o primeiro evento realizado pelo Programa de Desenvolvimento da Economia da Cultura (Prodec) do Ministério da Cultura, com o objetivo de impulsionar a economia da cultura no País, aprovado dentro do Plano Plurianual do Governo Federal em junho de 2006.
Em 2009, a Feira Música Brasil concretizou-se como referência dentro do calendário musical nacional, agregando toda a cadeia produtiva do setor e a diversidade criativa da música brasileira.
Realizada de 9 a 13 de dezembro na cidade do Recife (PE), a Feira Música Brasil apresentou artistas como Kassin, André Abujamra, Mundo Livre S/A e Wilson das Neves, selecionados por meio de um edital, que dividiram os palcos com nomes renomados como Sepultura, Paralamas do Sucesso, Pitty e Arnaldo Antunes. Nos Painéis de Debates, o palestrante Gerd Leonhard, futurista midiático, foi um dos destaques da última edição da Feira, onde apresentou um panorama geral do mercado digital no mundo.

FEIRA MÚSICA BRASIL 2010
SHOWS
Durante cinco dias, dois palcos vão receber 40 shows, dos quais 10 serão convidados âncoras. Os outros 30 artistas serão selecionados por uma comissão (que será definida pelo Conselho Consultivo do evento) por meio de um processo de seleção pública, aberto a todo o país. O acesso aos shows será livre e gratuito, atendendo tanto o público da feira, como a população local.

PAINÉIS E PALESTRAS
Com temas voltados para profissionais do mercado da música, serão apresentados nove painéis, envolvendo cinco painelistas cada e duas palestras. Os painelistas e palestrantes serão apontados pelo Conselho Consultivo da Feira, com a preocupação de trazer pessoas estratégicas, que realmente qualifiquem os painéis e palestras.

CAPACITAÇÃO
A capacitação dos profissionais inscritos trará temas estratégicos para o desen volvimento do setor, que vem sofrendo grandes mudanças em face da tecnologia digital. Os nomes dos ministrantes e os temas serão definidos pelo Conselho Consultivo.

ESTANDES
As empresas e profissionais interessados em divulgar seus produtos e serviços aos profissionais do setor terão uma área específica. As solicitações poderão ser feitas pelo site http://www.feiramúsicabrasil.com.br/.

ÁREA DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS
Para os profissionais do mercado da música na área júridica, a Feira Música Brasil 2010 prestará suportes para licenciamentos, uso de mecanismos de crédito, entre outros assuntos específicos.

RODADAS DE NEGÓCIOS
Três rodadas de negócios, sendo uma por dia (exceto o dia da abertura e encerramento), poderão ter temas como: a venda de shows, os licenciamentos (incluindo audiovisual de música), a música digital e a música de concerto (incluindo partituras), entre outros. São voltados para os profissionais inscritos, como empresas, cooperativas, pontos de cultura, músicos, agentes de artistas, entre outros, pelo site http://www.feiramúsicabrasil.com.br/.

MOSTRA DE TECNOLOGIA
Para profissionais inscritos pelo site, a mostra apresentará o que há de mais recente no mundo digital, em pilares como criação, produção, gravação, divulgação/marketing, e-commerce (venda), entre outros assuntos de interesse com a modernização e agilidade do setor.

FEIRA DE PRODUTOS MUSICAIS
Para divulgar a diversidade musical brasileira e facilitar o acesso ao grande público, a Feira Música Brasil 2010 dispo nibilizará os catálogos completos de produtos a venda a preços promocionais, como CDs,
DVDs, equipamentos, instrumentos, livros e partituras, por exemplo. O evento também colocará à disposição um espaço para promoção de produtos independentes e divulgação da produção audiovisual sobre música. O acesso será livre e gratuito, atendendo tanto o público da feira, como a população da cidade.

MOSTRA DE FILMES SOBRE A MÚSICA DO BRASIL
Serão exibidos dois filmes por dia, em três dias de evento, com o objetivo de divulgar esse segmento importante do audiovisual brasileiro. Este é um instrumento qualificado de promoção da música, com grande potencial para exportação, mas pouco espaço nas salas de cinema e na televisão.

MCs Dede, Bomba e Miudico vencem o 3º Festival de Funk em Cidade Tiradentes

Texto: Rosangela de Paula

MCs Bomba e Miudico, com a música Abandonado categoria A, e MC Dede, com Fecha banca, na categoria B, conquistam o primeiro lugar da terceira edição do Funk Festival - Canta Cidade Tiradentes, promovido pela Subprefeitura Cidade Tiradentes, no último sábado, dia 19, com o apoio do Red Bull Funk-se Tour, CET, Sabesp, Guarda Civil Metropolitana e Polícia Militar do Estado de São Paulo.
Cerca de 10 mil pessoas acompanharam, durante oito horas, o som do funk consciente, com composições elaboradas por garotos e jovens do bairro apresentadas durante o Funk Festival - Canta Cidade Tiradentes. É a primeira iniciativa do poder público municipal de apoiar o funk e incentivar os funkeiros a compor letras voltadas para os temas sociais, em contraposição aos "proibidões", assim chamados em função das letras que fazem apologia ao crime, drogas e promiscuidade sexual.
Os 24 finalistas, escolhidos em uma pré-seleção em que concorreram 63 inscritos, travaram uma disputa acirrada, diante de um som de base de um tremendo batidão, comandada pelo DJ Maguinho. Os concorrentes promoveram um encontro eletrizante para o público, com o propósito de mostrar o comprometimento com questões sociais, por meio de composições que retratavam a dança, música, esporte, religião, lazer, amizade e também a curtição dos bailes funks.
Os jurados analisaram os funks segundo os critérios letra, música, interpretação e desenvoltura de palco. Os responsáveis pela tarefa para a categoria B (acima de 17 anos) foram os integrantes de um júri eclético, formado por Marcello Silva, vocalista da Banda Dughettu do Rio de Janeiro; Marcelo Fernandes, DJ e empresário do funk; e Douglas Drumond, presidente do Casarão Brasil e empresário da noite. Já para a categoria A (de 10 a 16 anos), os jurados foram John Rock, produtor musical; a cantora Giselle Vergna; Fernando Leite, professor de canto; Alexandre Nascimento, produtor e músico; e o DJ Gustavo, da Estação da Juventude.
A canção vencedora da categoria infanto-juvenil, Abandonado, retrata a vida do compositor MC Bomba, que foi abandonado aos três anos pela mãe. Aos cuidados de sua tia, que priorizou sua educação, MC Bomba, de 14 anos, reconhece que a escola foi a saída para não seguir o mundo da marginalidade.
Para os funkeiros acima de 17 anos, Mc Dede, vencedor do primeiro festival de Funk em 2008, voltou com tudo e faturou o bicampeonato, com a música Fecha a banca. A letra fala da presença de Deus em sua vida e a força guerreira que cada um tem de ter para conquistar a felicidade.
Na categoria A, o 2º lugar foi para MC Kinha e as mais novas MCs, com o funk A realidade da ZL; e em 3º lugar, MC Wesley, com a música Amor de mãe. Para a categoria B, o 2º lugar ficou com o Bonde TNT, com a música Curtição; e o 3º foi para Jê bolado, com a música Idéia consciente.
A premiação para os primeiros lugares será a gravação de uma coletânea do CD do 3º Festival, com a inclusão de cinco músicas, com direito a 200 cópias, sendo que a produção fica sob a coordenação do DJ Sany Pitbull, reconhecido como o mestre da arte do MPC Live ou montagens ao vivo. Para o 2º lugar, gravação de três músicas no CD, com direito a 100 cópias; e para o 3º lugar, gravação de duas músicas no CD, com direito a 100 cópias. Todos os participantes receberam certificados de participação.

Show à parte
Após a apresentação dos vencedores, o festival recebeu os ícones do funk, com as atrações especiais do Red Bull funk-se Tour, que promoveu um encontro de estilo, batida, entre o funk carioca e o paulista.
Com isso, o palco foi dominado, primeiramente, pelos MCs Bio, G3 e Backi Di, funkeiros de destaque na cena paulista, que estouraram definitivamente com Bonde da Juju e tiveram quase 1 milhão de acessos no You Tube.
Depois o chão tremeu com DJ Sany Pitbull, presente no mundo do funk desde 1986, reconhecido como o mestre da arte do MPC Live, Maestro Pitbull, que também é o curador do Red Bull Funk-se Tour.
O público recebeu com entusiasmo o Menor do Chapa, funkeiro carioca que invadiu as pistas do Brasil com a música Salgueiro é o caldeirão. Os artistas foram acompanhados pelos DJs Phabyo, consagrado no mundo do funk como produtor de MC Catra e MC Serginho, e DJ Cabide, que comanda a mixagem dos bailes tradicionais do funk no Rio de Janeiro.

Daniel Peixoto leva sua música e androgenia para o CCJ

Texto: Flávia Costa

Para tornar o evento especial Drag Contest 2010 ainda mais completo, essa edição traz ao público show de Daniel Peixoto, amanhã, às 20h, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso. Durante todo o mês de junho o Drag Contest 2010 comemorou a diversidade sexual com diversos eventos, oficinas e shows em celebração ao orgulho GLBT no CCJ.
Daniel Peixoto formou sua primeira banda, Montage, em 2005 que é considerada a primeira banda de eletro-rock do Nordeste brasileiro. O grupo chegou a São Paulo no início de 2006, mesmo ano de lançamento de seu primeiro álbum, que teve figurino de Lino Villaventura. A banda recebeu da Folha de S. Paulo o título de melhor show do Brasil em 2005 e 2006 e participou de diversos festivais importantes, tais como SkolBeats. No universo da internet, a banda foi a primeira a realizar um show virtual no Second Life na América Latina.
Com o fim da banda, em 2009, Daniel Peixoto seguiu carreira solo e convocou um time de DJs e produtores para dar nova roupagem `à sua sonoridade musical. Agora, ele toca acompanhado por nomes como Killer on the Dancefloor, Bloodshake, George M e Digitaria. Seu atual videoclipe para a faixa I trust my dealer lembra um pouco a estrela do pop internacional Lady Gaga e está entre os mais exibidos por emissoras como a MTV Brasil.
Serviço:
Show Daniel Peixoto. Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso. Avenida Deputado Emílio Carlos, 3.641 - Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Dia 25, às 20h. Grátis.

Grupo Pequeno Cidadão faz show gratuito no Centro Cultural Ruth Cardoso

Texto: Juliana Gola


Lançado recentemente, o disco que leva o nome da banda, Pequeno Cidadão, composta pelos músicos Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra, Taciana Barros e Antonio Pinto, será apresentado gratuitamente, dia 27 de junho, às 18h, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso.
Tendo como proposta levar ao público infanto-juvenil canções que dialoguem com o universo dessa faixa-etária, sem abrir mão da sonoridade apurada, o trabalho reúne 14 composições autorais inspiradas em temas familiares, como o desafio de deixar de chupar chupeta, interpretado em Tchau chupeta, além de passar noções sobre comportamento e cidadania, sem a pretensão de educar.
Algumas canções já faziam parte do repertório familiar dos músicos e foram compostas para ninar seus filhos. Os arranjos musicais modernos e nada monótonos - como parece ser a característica comum entre os musicais infantis - devem agradar também aos pais. A proposta não é levar ao público obras com abordagem infantilizada, mas apresentar um repertório variado, que vai do forró ao pop rock, e propor "programas em família" para todos aqueles que desejam apreciar música de qualidade.

Serviço:
Show da banda Pequeno Cidadão
Data: 27 de junho
Horário: 18h
Local: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso - Anfiteatro
Endereço: Avenida Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha
Telefone: 3984-2466
Grátis (retirar ingresso uma hora antes, na recepção do CCJ).

Grande arraial anima o Centro Esportivo Oswaldo Brandão, no sábado

Texto: Luís Veloso

No próximo sábado, das 16h às 21h, um grande arraial agitará o Centro Esportivo Oswaldo Brandão/Espaço Criança Esperança. A já tradicional festa no equipamento reunirá, neste ano, elementos das festas juninas do Brasil, com brincadeiras, quadrilhas, apresentações musicais e comidas típicas.
O evento, gratuito, foi organizado pela equipe do Espaço Criança Esperança - CEE Oswaldo Brandão em parceria com a Subprefeitura Freguesia/Brasilândia. Para participar da festa basta comparecer, com toda a família, ao Espaço Criança Esperança - CEE Oswaldo Brandão.
Serviço:
Festa Junina
Local: CEE Oswaldo Brandão/Espaço Criança Esperança
Endereço: Avenida Michihisa Murata, 120 (próximo da Estrada do Sabão).
Dia 26, das 16h às 21h
Mais informações: 3978-8954

Música caipira na Praça Victor Civita

Duo Canta Viola relembra clássicos da música regional em show gratuito

A praça Victor Civita, em Pinheiros, oferece neste domingo, dia 27, uma atração especial para resgate das tradições juninas. Nesse dia, o espaço se transformará em território da música caipira, com um show gratuito do Duo Canta Viola, a partir das 11h.
Formada por Laura Campanér (voz, viola caipira e violão) e Zé Terra (voz, viola caipira e violão), a dupla, que conta também com a participação de Fábio "Azeitona" Daros (percussão), faz releituras de clássicos do gênero regional.
A apresentação, oferecida pelo Sesc Pinheiros, será aberta ao público e terá no repertório, dentre outras músicas, Flor do Cafezal, Sertaneja e Serra da Boa Esperança, famosas nas vozes de Cascatinha e Inhana.
Com quase dez anos de trabalho, o duo gravou dois CDs, Colcha de Retalhos e Natal Caipira, ambos lançados pelo selo Borage Diskos.

Serviço:
Show do Duo Canta Viola
Data: domingo, dia 27, às 11h
Endereço: Rua Sumidouro, 580, Pinheiros

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Show de Bruna Caram pelo projeto Sons da Nova é sucesso no Twitter.

Transmissão ao vivo pela twittcam movimenta rede social sexta e sábado


Foram dois dias de espetáculo com Bruna Caram. Um show envolvente e emocionante para um público de 500 pessoas, além do sucesso da transmissão ao vivo pela rede social Twitter com quase 30 internautas conectados durante duas horas de show. São quase 20 mil seguidores em todo país que acompanham momento a momento tudo o que rola na mais moderna rádio brasileira.

A cada música e interpretação da cantora, o público aplaudia e, pela internet, as pessoas eram apenas elogios para a paulistana de 25 anos que cantou sucessos já consagrados como ´Palavras do Coração´e faixas do novo álbum ‘Feriado Pessoal’, como ´Caminho para o Interior´ e ´Fim de Tarde´.

Para Bruna Caram, subir ao palco do Tom Jazz pelo Projeto Sons da Nova foi uma delícia. “É mais emocionante que das outras vezes: ver a platéia crescendo com a gente, o show amadurecendo, tudo ficando mais rico e intenso, e as pessoas cada vez mais cantando junto e vindo ver o circo pegar fogo no nosso Feriado Pessoal. E, além de tudo, pela primeira vez, nosso show foi transmitido ao vivo via internet: a twitcam da Nova Brasil FM deu a possibilidade de cantarmos para pessoas de várias partes do Brasil de uma vez só! O retorno foi incrível e o carinho do público muito gratificante. Agradeço cantando”, diz Bruna.

Não perca o próximo show da Nova Brasil FM. Dias 6 e 7 de agosto, o Tom Jazz recebe Roberta Campos e, no dia 28, o 1º Festival Nova Brasil com quatro grandes nomes no palco da Arena Anhembi. Jorge Bem Jor, Maria Rita, Nando Reis e Zeca Baleiro.

SAMPRAZER LOTA CITIBANK HALL NA GRAVAÇÃO DO 1º. DVD DA CARREIRA

O Grupo de Pagode fez seu primeiro registro ao vivo dia 10 de junho em SP, com participações especiais de Belo, Netinho de Paula e Ed Rock (Racionais MC`s)

Fotos: Thiago Lima
Samprazer e Netinho

No último dia 10 de junho (quinta-feira) o Samprazer gravou o 1º. DVD de sua carreira e praticamente lotou a renomada casa de shows de SP, o Citibank Hall.

Ed Rock - Racionais MC's
O grupo que conta com Billy SP no vocal e banjo, Nassor Alvim no cavaco, Renato Marinho no tan-tan, Júnior Bolacha no repique e Rapha dy Souza no pandeiro fizeram o público dançar do começo ao fim ao som de sucessos da carreira, como: “Na Pagodeira”, “Dieta do Chá”e “Paixão Verdadeira”, além é claro de algumas surpresas, até então, inéditas “Hoje Tem Bagunça” e “Olha o Nosso Samba”.



Belo e Billy
Como se já não bastasse esses cinco carismáticos e talentosos músicos para fazer um show excepcional, as participações especiais de Ed Rock (Racionais MC`s) com a canção “A Gente É Isso”, Netinho de Paula com “Pode Sambar” e Belo com a belíssima “Perdoa”, abrilhantaram ainda mais essa noite inesquecível.

Tudo isso somado a uma banda composto por feras, como: Peu Cavalcante (baixo), Walmir Borges (violão), Rafael Kabelo (cavaquinho e guitarra), Ernani (sax / gaita), Camilo Mariano (bateria), Jota Moraes (piano), Michel (Teclado), Colim, Tony Paes, Marcilio Lucas (percussão geral), Gordinho (Surdo), Juliana Lopes, Rodrigo Gola, Beto Sorriso e Helder Celso (Back Vocal).

O 1º. DVD da carreira que guarda muitas surpresas estará diponível nos mercados ainda no 2º. Semestre deste ano. AGUARDEM E COMPROVEM!


Acesse: http://www.samprazer.com.br/

DJ GEDRAH E CONVIDADOS ANIMAM A QUINTA-FEIRA DA CABARET‏

(Foto: DJ Gedrah - Divulgação)

A casa noturna Cabaret, localizada no Brooklin, proporciona aos paulistanos uma inusitada e luxuosa proposta de diversão para os amantes da noite. O ambiente, que faz uma releitura dos cabarés europeus do passado, recebe uma programação musical bem variada.

Na quarta-feira, 23, a festa Hot Fudge irá animar a galera com a noite destinada a black e funk com os DJs Silvinho e Zé Colméia.

No dia 24, a noite de quinta-feira conta com o talento do DJ Gedrah e convidados, que embalam a pista com o melhor do house e eletro.
Os DJs Marcelo Sá e Adriano Pagani comandam as pick ups no dia 25, sexta-feira, noite de house e eletro.
E, no último dia do mês, 30, a casa abre com os melhores hits da música Black e Funk com os DJs Silvinho e Zé Colméia que irão colocar todo mundo pra dançar.

Programação – Cabaret – 23 a 30 de junho 2010
23/06 – Quarta-feira
Projeto: Hot Fudge – Black e Funk
Mulheres: R$ 15,00; camarote, R$ 20,00.
Homens: R$20,00; com nome na lista R$40; camarote R$ 60,00.

24/06 – Quinta-feira
Projeto: House e Electro
Mulheres: R$ 15,00; camarote, R$ 20,00.
Homens: R$20,00; com nome na lista R$40; camarote R$ 60,00.

25/06 - Sexta-feira
Projeto: HouseBeats - House Hits, Electro e Progressive
Residentes: Marcelo Sá e Vitor Lima
Mulheres: R$ 20,00; camarote, R$ 25,00.
Homens: R$ 30,00; com nome na lista ou R$ 40,00; camarote, R$ 60,00.

26/06 – Sábado
Projeto: Let’s Dance - House, Dance Music e Flash Back
Convidado: Alex G e Marcelo Barres
Mulheres: R$ 15,00; com nome na lista vip até a 1h ou R$ 20,00; camarote, R$ 25,00.
Homens: R$ 30,00; com nome na lista, R$ 40,00; camarote, R$ 60,00.

30/06 – Quarta-feira
Projeto: Hot Fudge – Black music
Mulheres: R$ 15,00; camarote, R$ 20,00.
Homens: R$20,00; com nome na lista R$40; camarote R$ 60,00.
Cabaret – Rua Quintana, 765 – Brooklin. Tel.: 5505-6886. Horário de Funcionamento: quarta a sábado, a partir das 23h30. Cartões de crédito: todos; Cartões de débito: todos. Acesso para deficientes. Estacionamento com manobrista: R$ 12,00. Capacidade: 700 pessoas. www.cabdisco.com.br.

MUSIC ABC APRESENTA VÍDEOAULAS GOSPEL

Muito mais que uma simples aula a hora que você quiser pelo tempo que dispor”



O Music ABC acaba de lançar coleção de vídeoaulas Gospel. São aulas que estimulam os cristãos que desejam atrair a presença do Senhor e desenvolverem seus dons e talentos musicais. Com aulas de Violão, Canto, Contrabaixo, Saxofone, Bateria e Flauta o aluno tem a oportunidade de aprender com importantes nomes do universo Gospel. O curso de canto tem Robinson Monteiro como professor, os irmãos Bal Furtado e Ted Furtado dão aulas de bateria e contrabaixo e já tocaram na banda kadoshi e Renascer Praise. O pastor Levi Willians leciona aula de teclado e também é produtor e arranjador e já tocou com grandes nomes como Aline Barros. Honrados músicos como Paulinho Nogueira e Moisés de Paula também comandam as videoaulas.

A metodologia é simples. Depois de ensinar a teoria, os professores a aplicam na prática. Para quem pretende aprender a cantar e tocar os instrumentos a coleção de vídeoaulas é uma ótima opção. Com o vídeo o aluno visualiza todos os movimentos a serem feitos e pode voltá-lo infinitas vezes nas partes que apresentar maior dificuldade.
A vídeoaula é um ótimo custo beneficio. Com apenas um vídeo o aluno tem mais de uma hora de aula teórica podendo pausá-lo para treinar a parte prática. Cada vídeoaula equivale a mais de três aulas particulares por um preço totalmente sugestivo, sem contar que você pode fazer a aula sozinho ou acompanhado, nos horários que melhores se encaixarem à sua agenda e pode rever as lições quantas vezes quiser.

O Music ABC com método fácil e prático de ensinar e aprender é o grupo pioneiro em vídeoaulas no Brasil. Há 22 anos no mercado, já lançou mais de 10 títulos de vídeoaulas e pertence a Vídeo Brinquedo que busca atender uma antiga procura das crianças de brincar e assistir um vídeo sobre o mesmo tema valorizando o entretenimento e levando um mundo de fantasia e descoberta à criança

CONCEITUADO PROJETO HEAT TEM RETORNO NA NOITE PAULISTANA‏


Atendendo a pedidos, a melhor noite que acontecia às sextas-feiras no antigo club SPKZ, resolve voltar às quartas-feiras para manter as noites da capital ainda mais divertidas.

Para a estreia da primeira noite, o projeto traz de novo o clima entre amigos na pista de um novo espaço, escolhido a dedo para essa edição: uma varanda com vista espetacular para o centro de São Paulo, lustres holandeses da década de 40 e um painel de azulejos da modernista Anita Malfatti que fazem jogo para uma pista iluminada em três dimensões. Quem já foi, deve ter sacado que nos referimos do club Lions.

O projeto HEAT invade na quarta-feira do dia 14 de Julho o recém-inaugurado club, mantendo o conceito de sua origem: levar os DJs da atualidade bem conceituados no cenário da E-Music contemporânea ao público formador de opinião.

O projeto que já incluiu no line-up atrações internacionais do mundo inteiro como os Djs e produtores Tom Hades, Danny Freakazoid (Ministry of Sound), Spirit Catcher, Mike Monday e Jokke Ilsoe, estreia a noite valorizando os DJs brazucas.

Antes de sua turnê para a Europa, o DJ com mais de 25 anos de carreira e referência quando o assunto é electro, DJ Magal embala o som da noite enquanto Vini Puntel, DJ que está por trás do projeto Groove Box, comemora o aniversário. Este último, residente das festas "LokkoBox" do Tostex, “Blow-up” do D-edge e “Eletrola” do Tapas Club, tem se sobressaído na eletrônica underground.

O professor da escola de Djs Dub Music Leo Casagrande abre a noite, enquanto Ale Monaceli faz um back 2 back com Rods introduzindo batidas mais aquecidas, DJ Ronald, Pablo Stivaletti e Manchinha completam o line up da noite.

Podemos esperar diversas surpresas nas próximas noites, pois o projeto decide não se fixar em único um lugar, rodando pelos melhores clubs de São Paulo.

Aviso aos fãs de tatuagem: TODAS as pessoas que comparecerem nesta data ganham 15% de desconto no estúdio-referência da capital "Tattoo You". Duas pessoas serão escolhidas na noite para ganhar uma tatuagem de presente e três pessoas ganharão um piercing.
E como toda boa festa, a edição nesse formato só acontecerá desta vez.

E-mail para listas: vanessa_crix@hotmail.com

GROOVEBOX Edição Especial - "Lions Club"- 14 de JULHO- QUARTA-FEIRA 23h59
B-Day DJ Vini Puntel e Despedida do DJ Magal (Tour Europa)

LINE UP:
LEO CASAGRANDE(Dub Music)
ALE MONACELI(HEAT)VS RODS
MAGAL (*Going to Euro Tour*)
DOUBLE TROUBLE (aka Vini Puntel e Pablo)
RONALD
MANCHINHA(Puzzle Heads-B-DAY Set)

Preços
C/ Nome na Lista:
M-VIP até 2 hrs
H- 20 entrada ou 40 consumo

S/ Nome
M- 15 entrada ou 30 consumo
H- 30 entrada ou 60 consumo

LIONS CLUB: Avenida Brigadeiro Luis Antônio, 277, 1º andar.