sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

DRI VALLEJO VISITA A ORDEM DOS MÚSICOS - CRESP


Adriana Vallejo, “Dri” como é conhecida no meio artístico, toca piano desde os oito anos de idade, é formada como cantora na Escola de Música e Tecnologia e iniciou carreira na Radio do Brasil (Jovem Pan). Tudo começou, quando participou de um concurso de cantores ao vivo na rádio, vencendo ao interpretar “Aquarela do Brasil”. Desde então, começou a trabalhar profissionalmente, gravando jingles e locuções para rádio e tv. Participou do Musical ALDEIA DOS VENTOS (Oswaldo Montenegro) na oficina Menestréis.

Passou por casas de renome como o Carioca Club e Bar Brahma (cartão postal de São Paulo), onde dividiu o palco com nomes consagrados como: Cauby Peixoto, Dominguinhos, Wando, Jorge Aragão e Demônios da Garoa (com quem gravou seu primeiro videoclipe com a música “Deixa o povo falar”).

Participou de uma coletânea “LETRA & MÚSICA”, cantando “Let it be” de Paul MacCartney, Cd que lhe rendeu visibilidade por dividir a faixa com outras grandes cantoras como Gal Costa, Daniela Mercury, Rita Lee, Veronica Sabino, Leila Pinheiro, entre outras.

Quem quiser saborear os momentos de grandes canções com uma linda voz, vai encontrar DRI VALLEJO nas melhores casas de shows de São Paulo como o Club A, Bar Brahma, Hotel Hilton Internacional (2as. feiras) e Hotel Hilton Internacional.

Contato para shows: 11 8400-9488 (Renato / Paula Klein)
anthonyshowseeventos@gmail.com
www.facebook.com/drivallejocantora


sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

DANIEL RECEBE HOMENAGEM DA OMB


   Na última quarta (14), a Ordem dos Músicos do Brasil prestou uma homenagem ao cantor de grandes sucessos, o galã DANIEL, pelo seu profícuo desempenho profissional, prestado à música brasileira, exaltando no Brasil e no mundo da mais cristalina forma.

   O Cantor foi homenageado pela OMB-CRESP recebendo o “Diploma de Honra ao Mérito” e do Troféu “Clave” da OMB-SP, sendo a premiação máxima da OMB-CRESP que representa toda a classe musical no país.

   A Homenagem foi entregue por uma comitiva da OMB liderada pelo delegado federal  César Custódio, acompanhado pelo Inspetor federal, Vítor Ferreira. O diploma foi entregue no Camarim do Restaurante São Judas Tadeu Demarchi, no jantar show do Cantor, na cidade de São Bernardo do Campo-SP, a entrega foi feita graças à Giana Rodrigues assessora de Imprensa.

domingo, 11 de dezembro de 2011

ROBERTO CARLOS RECEBE HOMENAGEM DA ORDEM DOS MÚSICOS



Em 01 de Dezembro, após o seu show, ROBERTO CARLOS recebeu o Diploma de Honra ao Mérito em homenagem pelos serviços prestados pela arte e música brasileira, que foi entregue pela representante da OMB - CRESP, Subseção São José dos Campos, Sra. Solange Cecilia Farath
Através de sua arte é gerado emprego direto e indireto para músicos e profissionais do show business nacional e internacional.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

SESSÃO SOLENE DE ENTREGA DE CARTEIRAS NA OMB/CRESP


Na tarde de 29 de novembro foram entregues as carteiras funcionais de músico prático e profissional para cerca de cinquenta músicos da cidade de São Paulo.
Durante a sessão solene, o Presidente da OMB/CRESP, Professor Roberto Bueno revelou que entre a meta para o ano de 2011, está a implantação de um consultório odontológico, atendimento psicológico e ambulância para primeiros socorros. Apresentou aos músicos os serviços já existentes de cursos, workshop's, planos de saúde com abrangência nacional, seguro de vida, com preços favoráveis, assistência jurídica, Nota Contratual “on line” e divulgação através dos veículos informativos e os projetos de lei que estão sendo viabilizados para a melhoria da condição de trabalho dos músicos. São eles:


PLS 211/2010 – Da Senadora Marisa Serrano, que concede seguro-desemprego aos artistas, músicos e técnicos em espetáculos de diversões;

PL 1714/2011 – do Deputado Federal Ratinho Junior, que trata da saúde ocupacional do músico e da insalubridade em razão da profissão;

PLS 345/2006 – Proposto pelo Senador Cristóvão Buarque, que concede isenção dos impostos de importação, PIS/PASEP e COFINS (Importação) aos instrumentos musicais, suas partes e acessórios; e,

PL 470/2010 – do Deputado Estadual – SP Rodolfo Costa e Silva, que autoriza o Poder Executivo a criar linha de crédito especial para a aquisição de instrumentos musicais, nacionais e importados, destinados aos músicos do Estado de São Paulo.

A vice-presidente Maria Cristina Barbato, elucidou a importância da carteira profissional e mostrou o "CARP", a nova carteira de acrílico no tamanho igual aos cartões bancários que os músicos filiados em São Paulo já estão recebendo pelo correio.

Para apadrinharem os novos músicos filiados foram convidados o cantor e compositor FÁBIO ESTELA e o cantor e apresentador ANTONIO BORBA, que entregaram os diplomas e aconselharam os músicos com a sua experiência.

Após a execução do hino nacional por WALMIR BULCÃO (saxofonista), VERA LUCIA DAVENA PIRO (pianista) e RIBAS MARTINS (tecladista), foi feito o juramento solene e em seguida um singelo coquetel.


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

DIA DOS MÚSICOS NA OMB/CRESP


Em 22 de novembro comemora-se o DIA DO MÚSICO, que tem como padroeira a SANTA CECÍLIA. Esta história está marcada mundialmente pelo acontecimento que ocorreu por volta do ano de 176 a 180, quando CECÍLIA que era maltratada pelo marido, muito ferida, em seu leito de morte, cantava para Deus, recebia as pessoas com bons  aconselhamentos e doou toda a sua fortuna para a igreja, pedindo que fosse doada aos pobres. Seiscentos anos depois aproximadamente, por volta do ano 817 a 824 relata-se uma aparição da Santa ao Papa Pascoal. Seu corpo foi encontrado enterrado e intacto e desde então, ela tornou-se a  padroeira da MÚSICA SACRA e consequentemente dos MÚSICOS.

Para comemorar a data, a ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL – CONSELHO REGIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO reuniu no auditório em sua sede, aproximadamente cinquenta cantores, músicos e convidados que tiveram presença marcante no movimento da JOVEM GUARDA nos anos 60 para entrega de um DIPLOMA DE HONRA AO MÉRITO.

À tarde chuvosa de São Paulo foi dada um tom mais aconchegante com os risos, aplausos e abraços dos artistas que se reencontraram, transformando a solenidade num grande evento de confraternização e rememorização de fatos agradáveis que ocorreram naquela época.

O pianista PLINIO METROPOLO, o mais antigo músico cadastrado na OMB estava de passagem e acabou ficando na festa. Imediatamente foi convidado para prestigiar a todos que ficaram boquiabertos quando começou a tocar, sendo ainda generoso ao acompanhá-los de improviso numa “PALHINHA” de seus grandes sucessos, durante as homenagens.

Entre os homenageados que receberam o diploma das mãos do Presidente da OMB/CRESP, Professores Roberto Bueno estavam: o radialista ANTONIO AGUILLAR, precursor do movimento ENCONTRO DA JOVEM GUARDA, DEMÉTRIUS, CLAUDIO FONTANA, RICARDO BRAGA, ENZA FLORI, ELZYO SILVER, CLAUDIONOR COSTA (Empresário e Presidente do SINAPREM), WAGNER ROCHA (Empresário e Vice-Presidente do SINAPREM); FOGUINHO (Waldemar Botelho Jr.), ALADIM (Romeu Mantovani Sobrinho) e SINVAL (Olimpio Sinval Braga) da Banda THE JORDANS; ROD SPENCER (guitarrista da banda THE CLEVERS) e EVALDO CORREA (baterista da banda THE CLEVERS).

Prof. Roberto Bueno (OMB/CRESP) e Antonio Aguillar (Rádio Capital)
Foto: Claudia Souza

Professor Roberto Bueno e Demétrius - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno e Ricardo Braga - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno e Enza Flori - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno e Elton Franz - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno e Claudionor Costa (Sinaprem) - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno e Wagner Rocha - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno, Aladim, Foguinho e Sinval - The Jordans - Foto: Claudia Souza

Prof. Roberto Bueno, Rod Spencer e Evaldo Correa - Foto: Claudia Souza

Em seus discursos os famosos relembraram os “velhos tempos”, a importância de se fazer parte de uma categoria profissional, as dificuldades da profissão e parabenizaram o Presidente da Ordem dos Músicos, Professor Roberto Bueno, pelo espírito de superação e empreendedorismo que está implantando na Entidade durante a sua gestão.

Roberto Bueno aproveitou para falar sobre as inovações que está implementando na sede da Ordem dos Músicos em São Paulo, aonde será instalado em breve um consultório odontológico, atendimento psicológico e sobre os projetos de lei apresentados em favor dos profissionais da música.
A Cerimônia foi encerrada com uma oração unanime por todos os músicos do planeta Terra e à Santa Cecília. Logo em seguida, foi servido um coquetel e uma alegria nostálgica tomou conta do ambiente.
Muitos abraços, fotos e sorrisos, numa chuvosa tarde de terça-feira, ficarão registrados para sempre.

MAIS FOTOS:


ASSISTA O VÍDEO:

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

BANDA CALYPSO VIRA FILME

CHIMBINHA E CACO
Chimbinha, guitarrista e um dos fundadores da banda Calypso, se encontrou nos últimos dias com o diretor Caco Souza (400 contra 1 – Uma História do Crime Organizado) para discutir detalhes do roteiro e da produção do longa-metragem sobre a história de sucesso da dupla e sua banda, um dos maiores fenômenos musicais do Brasil na última década.

O encontro aconteceu na sede da banda, na Ilha do Retiro, em Recife, onde Chimbinha mantém escritórios e estúdios nos quais a banda grava e ensaia. A cantora Joelma, que estava em São Paulo, participou da reunião por conference call. Participaram ainda da conversa co-produtores do filme.

O filme, segundo Caco Souza, tem atraído a atenção de diversos patrocinadores. A história da dupla como pessoas que construíram, por meio de muito trabalho e perseverança, uma vida pessoal harmoniosa e uma banda com o sucesso e o alcance do Calypso, promete render um roteiro dinâmico e emocionante. Os produtores acreditam que a história da banda, que fez recentemente shows em Angola, pode conquistar também um público internacional.

Para Chimbinha, o filme será um marco comemorativo na carreira da dupla e deve mostrar ao público, além de suas biografias e da trajetória artística da banda Calypso, um lado menos conhecido da dupla. Entre essas outras facetas, seu comprometimento histórico com diversas causas, entre elas a ambiental, principalmente a defesa da Floresta Amazônica e sua biodiversidade..

“Eu sou da ilha do Marajó e Joelma, do baixo Amazonas. São diferentes regiões do estado do Pará, mas que estão integradas num contexto amazônico. Um bioma que abriga terra, água, bichos, plantas e gente, no qual todos deveriam conviver em paz e perfeita harmonia - o que não vem acontecendo por conta de intervenções humanas equivocadas”, aponta Chimbinha.

“Como já fizemos em diversos momentos com nossa música, gostaríamos de chamar, com o filme também, a atenção para os problemas que afligem a Amazônia, um patrimônio dos brasileiros que serve a toda humanidade”, declarou o guitarrista durante a conversa com o diretor Caco Souza e os produtores.

Caco lembra que as pesquisas e entrevistas relacionadas à vida dos protagonistas seguem até dezembro deste ano. O roteiro estará finalizado até junho de 2012, para que as gravações do longa-metragem comecem a partir do segundo semestre. O longa-metragem sobre a história da banda Calypso deve chegar às telas dos cinemas de todo o país em meados de 2013.

18/dezembro: Baile do Baleiro no Carioca Club


Fagner, Robertinho de Recife e Andréia Dias são os convidados da noite

Em clima de confraternização de final de ano, o cantor e compositor maranhense Zeca Baleiro volta ao Carioca Club/São Paulo com seu Baile do Baleiro, dia 18 de dezembro às 20 horas. Em sua nova formação, a banda do Baile ganhou um naipe de sopros e backing vocals, sempre afinados para receber os convidados de Zeca. Nesta noite no Carioca, os convidados especiais são Fagner, Robertinho de Recife e Andréia Dias.

Concretizando um projeto que existia desde a estréia do Baile, em 2004, esta edição será filmada para a produção do que será o programa de tevê “Baile do Baleiro”, uma festa com música, vídeo e convidados de diversas gerações e praias. Independente, o programa ainda não tem data para estréia ou canal de exibição, o que deve ser divulgado nos próximos meses.

Fagner e Baleiro não dividem o palco desde a turnê de lançamento de ‘Raimundo Fagner e Zeca Baleiro’, que gravaram juntos em 2003 (cd) e 2005 (dvd), e prometem uma grande festa neste reencontro. O guitarrista Robertinho de Recife, que acompanhou grandes nomes da música desde a Jovem Guarda, incluindo Fagner, e também já produziu e acompanhou desde Elba e Zé Ramalho a Gal Costa e Marisa Monte, é autor de um dos hits do Baile do Baleiro, ‘Baby Doll de Nylon’ – parceria com Caetano Veloso – que não deve faltar no repertório. Já a cantora e compositora Andréia Dias faz suspense, mas é bem possível que repita o duo com Baleiro na divertida ‘Pomba Gira’, gravada em seu cd mais recente (Vol. 2).

O Baile do Baleiro rebobina composições de nomes como Anastácia, Novos Baianos, Pinduca, Simonal, Originais do Samba, Roberto e Erasmo, Tim Maia, Hyldon, Angelo Máximo e Oswaldo Nunes. Entre os hits do Baile, canções como ‘Fogo e Paixão’ (Wando), ‘Fio Maravilha’ (Jorge Ben Jor), ‘Nem Ouro Nem Prata’ (Rui Maurity) e ‘Anunciação’ (Alceu Valença). Baleiro também costuma tocar sucessos próprios, como ‘Vai de Madureira’, ‘Babylon’ e ‘Heavy Metal do Senhor’.

Baleiro, que sempre teve vocação para agregar gente de todas as tribos e gerações, propõe uma atualização do modelo do “baile”, cantando e tocando de tudo, com arranjos modernos e sonoridade contemporânea. A idéia do Baile do Baleiro é evidenciar a diversidade cultural das metrópoles. A cada noite, o artista e sua Banda de Baile tocam canções de todas as épocas e reverenciam ídolos de todas as gerações. Segundo Baleiro, seu baile é “um projeto amador, no melhor sentido da palavra”.

O Baile do Baleiro é um projeto de Zeca iniciado em 2004, com participação de Roger (Ultraje a Rigor) e Moraes Moreira e retomado no final de 2006, quando caiu no gosto dos paulistanos em noites memoráveis, de lotação esgotada com participação de artistas como Chico César, Zé Geraldo, Tonho Penhasco, Alzira Espíndola, André Abujamra, Lanny Gordin, Vange Milliet, Maurício Pereira etc. Em 2007, o Baile viajou e promoveu grandes encontros com artistas em cidades como Florianópolis, Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, além de voltar anualmente a São Paulo. Entre outros, Baleiro já recebeu em seu Baile, nomes como Odair José, Anastácia, Vânia Abreu, Max de Castro, Théo Werneck, Jica y Turcão, Skowa, o cantor e compositor angolano Filipe Mukenga, Márcio Greyck, Chico Amaral, Kleiton & Kledir, Hyldon, Luiz Ayrão e Zélia Duncan.

A Banda de Baile é formada por:

Zeca Baleiro (voz e guitarra)

Tuco Marcondes (guitarra)

Fernando Nunes (baixo)

Adriano Magoo (teclados e acordeon)

Kuki Stolarski (bateria e percussão)

Hugo Hori (sax e flauta)

Jorge Ceruto (trompete)

Tiquinho (trombone)

Flávia Menezes (vocal)

Rosy Aragão (vocal)



SERVIÇO

Baile do Baleiro – 18 de dezembro – 20 horas (abertura da casa: 19h)

Participações especiais: Fagner, Robertinho do Recife e Andréia Dias.

Carioca Club - Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros, São Paulo. Informações: 11 3813-8598.

Ingressos: R$ 25,00 a R$ 50,00 (na bilheteria ou no site www.ingressorapido.com.br)

Aceita todos os cartões de crédito.

Capacidade da casa: 1200 pessoas

Site: www.cariocaclub.com.br

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Pedro Altério & Bruno Piazza convidam: FelixBravo - 20 de Novembro - Tom Jazz‏


Pedro Altério & Bruno Piazza se apresentam no Tom Jazz, e convidam o duo curitibano Felix Bravo
Show acontece dia 20 de novembro, às 21h

Pedro Altério, integrante do 5 a Seco, e Bruno Piazza apresentam seu projeto de voz, violão e piano, que traz referências da música erudita para dentro do universo da canção popular. Com o repertório recheado de composições próprias o duo conta ainda com músicas de Breno Ruiz, Rafael Altério, Dani Black e Paulo Novaes.

5 a Seco, grupo do qual Pedro é integrante, acaba de gravar seu primeiro DVD ao vivo, no Auditório Ibirapuera, com as participações de Maria Gadú, Lenine, Dani Black e Chico Cesar. Com a pausa de shows até o lançamento, ele volta a se dedicar a seus outros projetos, como este.  Autodidata, Bruno participou doDVD Maria Gadú: Multishow Ao Vivo (2010) na faixa extra Castelos (piano/arranjo). Estuda atualmente com Dante Pignatari (piano erudito) e Hector “Costita” (harmonia, improvisação e arranjo).

As primeiras apresentações deste show, realizados na Sala Crisantempo, Bar Ao Vivo Music e Tom Jazz tiveram lotação esgotada.  O duo ainda passou por Curitiba, no Museu Guido Viaro e no Realejo.

Intimista e pessoal, o show desenvolve um espetáculo jovem e dinâmico  celebrando uma nova tradição da Música Popular Brasileira.  Já o duo FelixBravo irá apresentar musicas seu recente trabalho, o álbum “Camafeu”, eleito entre os 100 melhores álbuns brasileiros de 2010 pela revista digital “Manuscrita”. 

Serviço:
Show: Pedro Altério & Bruno Piazza convidam: FelixBravo
Local: Tom Jazz
Data: 20/11/2011
Horário: 21h
Ingressos: R$ 30,00 – www.ingressorapido.com.br

CONVÊNIOS COM A ORDEM DOS MÚSICOS - CRESP

A Ordem dos Músicos do Brasil - Conselho Regional do Estado de São Paulo, mantém convênios com algumas instituições educacionais que oferecem descontos aos músicos filiados.


FACULDADE MOZARTEUM

A Faculdade Mozarteum de São Paulo oferece desconto especial em todos os cursos aos inscritos na ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL.

http://www.mozarteum.br/famosp08/web/new_site/web/


FACULDADE PAULISTA DE ARTES

A Faculdade Paulista de Artes, concederá aos inscritos na Ordem dos Músicos do Brasil - CRESP, inclusive a dependentes, 15% (quinze por cento) de desconto sobre o valor nominal das mensalidades dos cursos de Graduação e Pós-graduação, pelo período total de duração do curso escolhido.

www.fpa.art.br



COLÉGIO LEÃO XIII

O Colégio Leão XIII (Santos) oferece desconto a todos os Profissionais Músicos devidamente inscritos na ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL. (extensivo a seus dependentes)

http://www.leao13.com.br/unidades.php



CASA AMADEUS

Desconto na aquisição de instrumentos músicais para profissionais inscritos na OMB.
Rua Quintino Bocaiúva 22 - 1º andar, esquina com Rua Direita - Centro
São Paulo/SP - 01004-010,
Fone (11) 3101-6790/ Fax 3105-7399 

Dupla mineira Dan e Daniel são novos contratados da Gravadora Canzion.



Dan e Daniel é uma dupla de sertanejo universitário de Belo Horizonte já vem ministrando e abençoando milhares de pessoas pelo Brasil, com um show marcante, letras fortes e um testemunho de vida que edifica a todos. Deus tem feito grandes coisas e operando milagres através dos cantores mineiros.
Canzion é uma das maiores gravadoras da América Latina e tem também no seu casting Hillsong, Ministério Ipiranga, David Quinlan, dentre outras bandas de renome e de peso no segmento gospel e é merecido ser a primeira dupla com estilo sertanejo universitário no casting da gravadora e as expectativas com certeza são as melhores. A música de trabalho “Coração pra Deus” já é tocada em diversas rádios do Brasil e é sucesso no youtube com 8.465 visualizações em menos de 2 meses. As músicas “Deus vai fazer chover” e “É fantástico” não ficam de fora, já é hit em muitas rádios on line. 
Breve o cd será vendido em todas as lojas do Brasil.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

WORKSHOP'S GRATUITOS NA OMB-CRESP


10/11 - 15HS
ROD SPENCER
GUITARRA

17/11 - 15HS
EVALDO CORRÊA
BATERIA e PERCUSSÃO

24/11 - 15HS
ROBSON MIGUEL
VIOLÃO

30/11 - 15HS
RUBENS JUSTH
HARMONIA FUNCIONAL

ENTRADA FRANCA
Av. Ipiranga, 318—bl A—6º andar—República—SP



terça-feira, 1 de novembro de 2011

FESTIVAL DA CANÇÃO ARTE DA NATUREZA


LAUDISMAR DEPTULSKI e RONALDO FARIAS, intérpretes da música
PAU BRASIL, ganhadora em 1º lugar- Foto: Claudia Souza/Revista Músico


O ginásio do Ibirapuera ficou lotado com a presença de milhares de messiânicos vindos de todas as partes do Brasil, incluindo delegações do exterior como Europa e África, para prestigiarem o FESTIVAL DA CANÇÃO ARTE DA NATUREZA promovido pela FUNDAÇÃO MOKITI OKADA. O evento teve por objetivo revelar novos talentos, promover a arte musical e ampliar o nível de conscientização, relacionado ao respeito à Natureza e à sua importância, por meio da música.


POR ONDE O RIO PASSA” com
 José Roberto Corrêa Ribeiro e Paulo César Andrade
ficou em 2º lugar - Foto: Claudia Souza/Revista Músico!


“A CHAVE DO TAMANHO” com Mariane Guerra e Alex Gomes foi a 3ª classificada
Foto: Claudia Souza/Revista Músico
Das trezentas e cinco inscrições realizadas, duzentas e sessenta e seis foram pré-classificadas e apenas vinte foram escolhidas para a final que aconteceu no último dia 30 de outubro. Das finalistas, dez foram contempladas com a gravação de um Cd. O terceiro lugar “A CHAVE DO TAMANHO” com Mariane Guerra e Alex Gomes, foi premiado com R$5 mil, o segundo “POR ONDE O RIO PASSA” com José Roberto Corrêa Ribeiro e Paulo César Andrade com R$10 mil e a grande vencedora “PAU BRASIL” com Laudismar Deptulski com R$20 mil. 

Participaram do corpo de jurados: ROGÉRIO ZAGHI como presidente da mesa; CARLOS MALTZ (Ex-Engenheiros do Hawaii);  COSME GALINDO (Maestro Regente); a cantora JANE DUBOC; JOSÉ MAURO GNASPINI (diretor da Virada Musical); Professor ROBERTO BUENO (Presidente da Ordem dos Músicos – CRESP) e TADEU DE SOUZA (produtor cultural).

A produção do evento contou com aproximadamente mil pessoas entre profissionais, técnicos e dedicantes voluntários. A FUNDAÇÃO MOKITI OKADA é uma entidade de utilidade pública federal, estadual e municipal de São Paulo, com atuação em todo o território nacional, que desenvolve projetos nas áreas de educação, saúde, alimentação natural, arte, meio ambiente, agricultura natural e assistência social.

O encerramento do evento ficou por conta do cantor JAIR RODRIGUES e seus dois filhos, JAIR OLIVEIRA e LUCIANA MELLO que contagiaram o público com muita alegria. O momento mais marcante do show, foi quando JAIR RODRIGUES plantou bananeira no palco ao homenagear os rappers com a música "DEIXA ISSO PRA LÁ" e sem nenhuma cerimônia, deixou os video makers que estavam gravando, enlouquecidos ao descer do palco e invadir a platéia do ginásio cantando e cumprimentando o seu público. 

“ A ARTE ELEVA O SER HUMANO E O PARAÍSO TERRESTRE É O MUNDO DA ARTE” Mokiti Okada

MAIS FOTOS:

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

ADYLSON GODOY REALIZA WORKSHOP NA ORDEM DOS MÚSICOS EM SÃO PAULO

O grande pianista ADYLSON GODOY esteve na tarde de hoje (10/10) apresentando um workshop para os músicos filiados, juntamente com Rogério Botter Maio no contrabaixo e Ricardo Berti na bateria.


Adylson Godoy durante workshop na Ordem dos Músicos
- CRESP - Foto: Claudia Souza / Revista Músico



Adylson Godoy, maestro, pianista, compositor e cantor, nasceu em Bauru, São Paulo . Cursou Direito pela Faculdade de Direito de Bauru. Iniciou seus estudos musicais aos dez anos, com a professora Nida Machioni e Efisio Anneda. Transferiu-se para São Paulo onde estudou com a professora Nellie Braga, assistente chefe do curso de alta interpretação pianística “Magdalena Tagliaferro”, diplomando-se pelo curso superior de piano.
Foi Diretor Musical dos programas “Fino da Bossa”, “Corte Royal Show” e “Programa Hebe Camargo”. Comandou o programa “Boa Tarde Cartaz”, na TV Excelcior.
Fez os arranjos do disco, “Dois na Bossa Volume Dois”, de Elis Regina e Jair Rodrigues. Com duas composições suas “Tristeza Que Se Foi” gravada por Elis e “Santuário do Morro” gravada por Jair.
Obteve dezessete prêmios em Festivais (FIC Maracanãzinho, TV Excelsior, TV Record). Encerraram suas participações em Festivais após obter primeiro lugar no Festival Mundial da Venezuela, “Onda Nueva”, em 1972 com a música “Heróica” tocada por Zimbo Trio, interpretada por Sílvia Maria com arranjo do maestro Ciro Pereira. Vinte e seis países concorreram, bem como músicos de alta importância como Astor Piazzola e Dave Grusin. O júri era composto por nomes internacionais como Franc Purcel, Elmer Bernestain e Charlie Bird.
De 1998 a 2003 apresentou e dirigiu o “Programa Adylson Godoy - Vida e Arte” na Redevida de Televisão apresentando compositores, intérpretes e instrumentistas da música brasileira, levando mais de 200 artistas em rede nacional.
Possui mais de 150 músicas gravadas por nomes como Elizete Cardoso, Taiguara, Rosa Maria, Alaíde Costa, Silvia Maria, Maria Odete, Claudya, Walter Wanderley, Zimbo Trio, Elis Regina, Jair Rodrigues, Agnaldo Raiol, Márcia, Ronie Von, Leni Groves, Joe Pass, Nicolletta e Clara Nunes que se lançou em São Paulo no festival de TV Excelcior em 1966 com a música "Perdão".
No direito autoral, em seu segundo mandato, é presidente da ASSIM, Associação de Intérpretes e Músicos, fundada por Elis Regina, Théo Barros e Amilson Godoy; uma associação que tem a finalidade e preocupação de lutar pelo aperfeiçoamento do processo de arrecadação e distribuição do direito de autor.
Com sua filha, a cantora Adriana Godoy, apresentou-se na conceituada casa de música brasileira “Bar Confraria MPB”, em São Paulo. Completaram em abril de 2006, mil apresentações do show “Canto, Piano e Canções” .
Em maio de 2005, apresentou-se no Theatro Memorial da América Latina em São Paulo, a convite da Orquestra Jovem Tom Jobim, sob direção e regência do Maestro Roberto Sion, sua peça: “Rapsódia Nº 1 Para Piano e Orquestra” e algumas de suas composições populares, com arranjos de Roberto Sion, Débora Gurgel, João Linhares e Amilson Godoy, interpretadas por Adriana Godoy e Rozana Martinazzi. Participação especial da baterista Lílian Carmona e do guitarrista Rogério de Oliveira.
Como um de seus projetos, dedica-se a produção de seu Catálogo Musical. Apresentando sua obra completa: gravações originais remasterizadas, regravações, composições inéditas, songbook e DVD. Num total de mais de cento e trinta composições. Participam do projeto artistas renomados que fazem parte de sua história e intérpretes da noite de São Paulo que mantém ativa a cultura de nosso país.

MAIS FOTOS:

ADYLSON GODOY, ROGÉRIO BOTTER MAIO e RICARDO BERTI
Os músicos se apresentaram no workshop realizado em 10/10/11 na OMB/CRESP- Foto: Claudia Souza/Revista Músico

ADYLSON GODOY, MARIA CRISTINA BARBATO e ALUÍSIO PONTES após a comemoração do workshop de Adylson na OMB/ CRESP - Foto: Ribas Martins/Revista Músico


ASSISTA UM PEDACINHO DO WORKSHOP:

HOMENAGEM A LISZT



Homenagem a Liszt
Música no Museu
Ordem do Mérito Cultural 

Semana de 9 a 16 de Outubro de 2011
Música no Museu, sempre na proposta de ressaltar temas e naipes em sua programação mensal, dedica este mês a Franz Liszt, grande compositor que comemoraria 200 anos em outubro de 2011 e, assim, resgatando a sua grande contribuição à música clássica mundial.

Liszt, consagrado como pianista e profundamente amado como compositor, representa o modelo absoluto da arte do piano. Como um ícone do Romantismo, explora novos caminhos para estéticas inusitadas, cujo legado para a grande música é imensurável. Genialidade de suas composições e uma nova escrita pianística que exige do intérprete , não apenas virtuosismo, mas criatividade artística para expressar as imagens poéticas e literárias que permeiam suas obras. Como a sua produção musical é basicamente para pianos, estamos trazendo os grandes pianistas, como o Artur Cimirro, no dia 21, no CCJF, às 15h, .Miriam Grosman que apresentará um dos Sonetos de Petrarca, no dia 24, no Palácio São Clemente, às 18h e Marcos Leite, no MNBA, dia 27 às 12h30. 

Também em homenagem a Lizt, o pianista Itajara Dias, dia 09, no MAM , a pianista Fernanda Cruz, dia 24, no Clube de Engenharia e os jovens Vinnicius Dias e Silas Barbosa, que mesclarão um programa de seus contemporâneos a uma mostra de sua grande contribuição e imortalização de sua extensa obra.

Outros destaques do mês são o Coro de la Ciudad de Mendoza, que se apresenta no dia 01, às 12h30., no Museu do Exercito (Forte de Copacabana), Neti Szpilman e Dilia Tosta, no Real Gabinete Português de Leitura, dia 06 e Kiko Horta Trio com um programa de resgate à música nordestina no dia 25, no Museu do Exército, além do Madrigal Cruz Lopes na Paróquia da Ressurreição, dia 14, às 19h30.

Chamamos a atenção, também, para o Trio Amadeus, de Belo Horizonte que se apresenta nas Cidades Históricas de Minas e, também, no Rio de Janeiro, no dia 23, às 11h30, no MAM. 

Serão 31 concertos no Rio de Janeiro que somados aos de Minas Gerais, Porto Alegre e São Paulo totalizam 41 neste mês de outubro. 
Mais informações: www.musicanomuseu.com.br