quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL APRESENTA AZUSAFEST 2013



II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL APRESENTA AZUSAFEST 2013, QUE CONTARÁ COM NOMES DE DESTAQUE DA MÚSICA GOSPEL INTERNACIONAL

Mais de um século atrás, um homem veio do Texas para Los Angeles para divulgar o ministério pentecostal. Seus primeiros esforços para pregar a mensagem pentecostal foram rejeitados. Os líderes da igreja ficaram desconfiados de sua doutrina religiosa e seus ensinamentos, mas ele perseverou e continuou a orar. Então, em Abril de 1906, um poderoso derramamento do Espírito Santo ocorreu dentro de seu pequeno grupo de adoradores. Havia curas físicas e mentais, falar em línguas desconhecidas e muitas outras ocorrências milagrosas e inexplicáveis. A notícia se espalhou e logo centenas de pessoas começaram a vir de todo o mundo para a Missão de Fé Apostólica em Azusa Street, em Los Angeles, para receber o Espírito Santo.
O Reavivamento da Rua Azusa durou mais de três anos e é amplamente considerado como o principal catalisador que desencadeou o movimento mundial Pentecostal. Atualmente, estima-se que mais de 800 milhões de pentecostais nos Estados Unidos, América Latina, África e Ásia podem traçar suas origens religiosas para a revitalização da Rua Azusa e Bispo William J. Seymour. Fred e Wilma Berry continuam a história da Rua Azusa como representantes internacionais, através da Azusa Street Mission & Historical Society. A missão da organização é levar a chama da Rua Azusa para a próxima geração em todas as nações do mundo...
O Azusafest, celebração normalmente realizada em Los Angeles desde 2006, em 2013 será em São Paulo, Brasil, no Centro de Exposições Imigrantes, de 19 a 21 de Abril, no Salão Internacional Gospel. São do Apóstolo Fred Berry as palavras: “Saudações meus amigos no Brasil. Minha esposa e eu queremos convidá-los para o Azusafest, que será celebrado em São Paulo, Brasil, de 19 a 21 de Abril de 2013. Estaremos comemorando mais de 100 anos de expressão evangélica pentecostal, dentro do Salão Internacional Gospel. No auge do Renascimento na América, William Seymour parou uma reunião, em 1910, e profetizou que um maior reavivamento da Rua Azusa iria atingir a Terra mais de 100 anos a partir de então. Ao mesmo tempo, dois missionários suecos baptistas ficaram cheios do Espírito Santo, sendo batizados. Estes dois homens foram enviados dos EUA, sendo pioneiros do movimento pentecostal no Brasil. Daniel Berg e Gunnar Vingren abriram a Missão de Fé Apostólica, que mais tarde tornou-se a Assembléia de Deus... Durante três dias de seminários e workshops de celebração da música Gospel vamos honrar os esforços desses homens... Você pode se juntar a nós gratuitamente no Salão Internacional Gospel... Participe dos nossos seminários e escolas de formação. Escola Profética ou a Escola de Intercessores será realizada durante o dia das 14:00 às 18:00 horas a cada dia... e depois juntar-se a adoração em um de nossos três shows internacionais gospel... cada noite de 19:00 às 22:00 horas", conclui. Para os idealizadores do Salão Gospel, o evento é muito mais que uma grande celebração, mas sim uma oportunidade do Brasil evangélico experimentar um verdadeiro e novo avivamento, voltando ao centro da vontade de Deus.
P.A. SE APRESENTA NO II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL

Ela esteve na primeira edição do Salão Gospel, representando a força da mulher cristã na cultura Hip Hop. E é claro que não podíamos deixar de pedir bis nessa segunda edição.
Para alegria de todos e felicidade geral da nação evangélica, direto de Goiânia para a cidade da garoa, P.A. volta a pisar nos palcos do Salão Internacional Gospel. Ela se apresenta no Sábado, dia 20 de Abril de 2013, no Espaço Hip Hop, às 17:00 h. Quem gosta das poesias de rua feitas para adorar o nosso Criador está convidado para visitar o II Salão Internacional Gospel. De 19 a 21 de Abril de 2013, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.
SINDICATO DOS MÚSICOS DO RIO DE JANEIRO
APOIA II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL
O Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado do Rio de Janeiro é a entidade que, desde 1907, representa os músicos fluminenses, defendendo os seus direitos e interesses. O Sindicato atua, não só oferecendo serviços e produtos aos sindicalizados, mas também nas lutas específicas da classe, mobilizando os trabalhadores e fomentando discussões em torno de novos projetos e legislações. Outra missão que o Sindicato abraça desde sua fundação é o esforço no sentido de ampliar o mercado de trabalho para os músicos e garantir dignidade profissional a todos os conveniados. 

O sindicato tem o orgulho de ter criado a única referência de remuneração para os músicos autônomos - a Tabela de Cachês. Na longa relação com os trabalhadores da música, o SindMusi participou de momentos decisivos para classe no Brasil, como as eleições das Diretas Já. Atualmente, o sindicato continua articulado e defendendo os interesses da classe. A PEC da Música, a lei de isenção fiscal aos instrumentos musicais importados, a luta pelo retorno do ensino musical nas escolas, são exemplos de propostas defendidas pela instituição.

Cada vez mais, o SindMusi está presente na vida dos associados. A entidade conta com um Departamento Jurídico que presta atendimento nas áreas cível, trabalhista e previdenciária, e oferece aos sócios, gratuitamente, consultas médicas, odontológicas, entre outros convênios e parcerias. O SindMusi participou da criação e é um dos primeiros instituidores, do CulturaPREV, plano de previdência complementar criado especificamente para a categoria artística e desenvolvido pelos Ministérios da Cultura e da Previdência Social. A capacitação profissional também é uma preocupação constante do sindicato, por isso sempre procura realizar eventos, cursos e workshops que estimulem o desenvolvimento profissional, cultural, ambiental e político dos seus associados. No intuito de construir um futuro melhor, o SindMusi tem batalhado pela democratização da informação. Agora, em 2013, o Sindicato apoia o II Salão Internacional Gospel, que acontece de 19 a 21 de abril no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. Conheça mais sobre o sindicato no site
www.sindmusi.org.br.
MC IVOLUTION: DOS EUA PARA O II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL

Ele esteve na primeira edição do Salão Internacional Gospel e já confirmou seu retorno na segunda edição, de 19 a 21 de Abril, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. Ivo Luiz A.K.A. ou Mc Ivolution, como é conhecido, foi criado no Brasil, no Rio de Janeiro, onde pela primeira vez ouviu o RAP, um dos principais elementos da cultura Hip Hop, em 1990, e logo se identificou. Filho de Maestro, Mc Ivolution cresceu num ambiente musical, ouvindo todo tipo de música, devido a paixão de sua família pela boa música. Isso o ajudou muito como influência em sua infância. Em 1995, juntamente com toda sua família, se mudaram para os EUA em busca de uma vida melhor, onde rapidamente se enturmou com alguns brasileiros e latinos, devido a barreira do inglês. Se afastando naquela época da Igreja e de Deus, comecou a beber, fumar e experimentar drogas, assim Ivolution viveu por quase 12 anos de sua vida, até finalmente voltar para Deus, em 2007. Em 2008, conheceu o DJ Alpiste, na Flórida, durante uma de suas turnês, em 2009, passou um tempo no Brasil para trabalhar em seu CD intitulado "HERÓI DA FÉ", o CD contém músicas produzidas por Dj Alpiste, André 10 Mil, Froge e High Interprize. Nos Estados Unidos, Ivolution fez inúmeros eventos na Flórida e em outros estados americanos, hoje mora na Philadelphia. Agora, em 2013, ele volta ao Salão Internacional Gospel, se apresentando no dia 20 de Abril de 2013, às 16:30 horas, no Espaço Hip Hop! É só chegar e conferir, lembrando que esse ano a Entrada é Gratuita! Conheça mais sobre MC Ivolution no endereço www.mcivolution.com .
JERUSA LIASCH SE APRESENTA NO II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL E FAZ PRÉ-LANÇAMENTO DE CD COLETÂNEA

Ela esteve no I Salão Internacional Gospel e foi homenageada na Exposição Gospel Memórias. Esse ano, Jerusa Liasch, ex vocalista da inesquecível "Banda Rara" volta ao Salão Gospel e faz pré-lançamento de um CD com a coletânea dos grandes sucessos que marcaram a sua carreira. Jerusa se apresenta no dia 20 de Abril de 2013, Sábado, às 18:00 horas. Quem acompanhou a trajetória de Jerusa e adorou a Deus com músicas que ficaram eternizadas com sua voz como "Estrela da Manhã" e "Maranata" não pode perder essa apresentação no II Salão Internacional Gospel, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.
II SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL REPRESENTA
SEGMENTO NO CALENDÁRIO DE FEIRAS FEITO PELO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES


Saiu a mais nova edição do Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras 2013, que nesse ano reúne informações sobre 360 eventos que serão realizados em 22 estados e no Distrito Federal. Publicado em conjunto pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), o calendário é distribuído gratuitamente, no seu formato impresso e on-line (PDF), em diversas línguas (português, inglês, espanhol, francês, árabe, russo e mandarim). A edição 2013 do Calendário, com 181 páginas, conta com índices temáticos e por estados da federação, ao tempo que oferece informações como: nome do evento, data, local, linhas de produtos e serviços. Esse ano, o II Salão Internacional Gospel aparece e representa o segmento de feiras cristãs em São Paulo nesse calendário. São dos idealizadores do evento a declaração: "Ficamos felizes pelo nosso evento ser a única feira cristã em São Paulo a aparecer na lista das maiores e melhores feiras do Brasil. Primeiro, na publicação da Ubrafe e agora no calendário oficial do Governo Federal. Agradecemos a Deus por mais essa oportunidade."

domingo, 27 de janeiro de 2013

BANDA IMPÉRIO SOCIAL - UM RECADO PARA A SOCIEDADE


Banda Império Social: Um recado para a sociedade
Banda Império Social - Foto: Divulgação

Música, Engajamento Social, Sonhos e Filosofia. Com essas palavras é possível definir a banda paulistana Império Social, que além de se manifestar musicalmente, vive uma busca incessante para conscientizar as mentes da importância da união de uma sociedade. O que parece impossível para muitos, eles querem tornar concreto: realizar reformas na sociedade através de música e poesia. Tudo começou com encontros musicais de cinco amigos, até que o desejo de seguir fielmente a música tornou-se o caminho certo para a realização pessoal. Os amigos Fábio Oliveira (bateria), Mário Lopes (baixo), Diogo Alves (teclado), Ricardo Di Santo (guitarra) e Luigi Di Santo (vocal e violão) estão há cinco anos nessa jornada. Agora o propósito apresenta-se mais forte com o lançamento do primeiro cd entitulado "Inquisição". Na entrevista a seguir, o vocalista Luigi Di Santo representa a banda e conta um pouco dessa história marcada por muita emoção e um bilhete para a sociedade ...
Jornal: Para começar, Império Social é um nome forte e esconde diversos significados. Qual é a proposta de vocês a partir desse nome?
Império Social: Na vida tudo tem que ser construído. Para que as maiores obras sejam destacadas é preciso de união, sendo assim, a idéia do nome é isso: um grande Império onde todos de uma sociedade possam estar juntos.
Jornal: Como a banda realmente começou?
Império Social: Nós já tocávamos juntos há muito tempo, desde o ano de 2002 vivemos essa troca musical. Porém, há aproximadamente 5 anos começamos a tomar frente em nossas composições e criações, assim surgiu o Império Social.
Jornal: Qual o perfil e a filosofia da Banda?
Império Social: Estamos sendo classificados pelo público como Pop Rock devido a nossa forma popular de agir, além de nossas canções que retratam sentimentos que os brasileiros estão habituados em seu dia a dia. Nossa filosofia é levar mensagens importantes em nossas canções e também transmitir alegria para as pessoas.
Jornal: Em qual projeto a banda está trabalhando atualmente?
Império: Estamos trabalhando o nosso primeiro Cd Intitulado “Inquisição”, porém já apresentávamos criações nossas bem antes do cd concreto. Realizamos shows em locais diversos como bares, clubes e canais de televisão. As músicas estão tocando nas rádios e pela internet também.  Quem quiser conhecer o nosso trabalho pode acessar o site da banda.
Jornal: Que tipos de músicas tocam em seus shows? Autorais e de outros artistas?
Império Social: Em nossos shows cantamos as músicas do novo projeto e também de outros artistas do rock nacional dos anos 80. Artistas como Barão Vermelho, Legião Urbana , 14 Bis e outros desse gênero.
Jornal: Falando em Legião Urbana, muitos comparam a sua voz (Luigi) com a de Renato Russo, você é fã dele ?
Sim,  sou fã e a minha voz possui o timbre parecido com a do Renato, as pessoas acabam lembrando um pouco. Ele era um poeta e quando penso em uma música, penso na poesia que ela pode trazer, por isso me inspiro nele.
Jornal: Quais os contatos da banda para quem quiser conhecer o misterioso bilhete e ter mais informações sobre a banda?
Império Social – Acessem o site www.imperiosocial.com e entre em contato conosco no telefone:  (11) 8224-4237

sábado, 26 de janeiro de 2013

Vespas Mandarinas finalizam seu primeiro álbum





A banda paulista Vespas Mandarinas está finalizando o seu primeiro álbum, ainda sem nome. Depois de lançar dois EPs, “Da Doo Ron Ron” e “Sasha Grey”, o novo trabalho dos roqueiros tem produção de Rafael Ramos. As gravações foram divididas entre os estúdios Tambor (Rio) e Costella (São Paulo). Composto por 11 faixas, o disco de Chuck Hipolitho (guitarra e voz), Thadeu Meneghini (guitarra e voz), Flavio Guarnieri (baixo) e André Dea (bateria), será lançado pela Deck ainda no primeiro semestre.

O álbum promete ser uma das boas surpresas de 2013.







FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA EM TRANCOSO


Abertas inscrições para masterclasses gratuitas durante o festival internacional Música em Trancoso 2013

Estudantes avançados de música poderão se inscrever para aulas de aprimoramento de técnica e interpretação com renomados virtuoses

Paralelamente ao festival internacional Música em Trancoso 2013, que será realizado de 23/02 a 2/03, renomados professores e virtuoses do mundo, muitos deles integrantes da Filarmônica de Berlim, ministrarão diariamente clínicas de técnica e interpretação (masterclasses), de instrumento e canto, para estudantes avançados de música de todo o País. As masterclasses serão realizadas de 23/02 a 1/03, das 9h às 12h, e cada classe terá um intérprete para traduzir aos alunos as orientações do professor.

As masterclasses são gratuitas e as inscrições devem ser feitas pelo site www.musicaemtrancoso.com.br, a partir de 1º de fevereiro, mediante preenchimento de formulário, envio de currículo atualizado e de vídeo (curto) com movimento de uma obra escolhida pelo candidato.

Os alunos que forem selecionados terão o privilégio de fazer as aulas no novo anfiteatro – no alto do canyon, em perfeita harmonia com a deslumbrante paisagem da região –, que será inaugurado durante o festival Música em Trancoso, além de assistir aos concertos diários.

Programação Masterclasses 2013

INSTRUMENTO
PROFESSOR
DATAS
Violino
Rüdiger Liebermann
Fev 23, 24, 26, 27 e 28 / Mar 1
Viola
Walter Küssner
Fev 23, 24, 26, 27 e 28 / Mar 1
Contrabaixo
Edicson Ruiz
Fev 23, 24, 26, 27 e 28 / Mar 1
Clarinete
Walter Seyfarth
Fev 23, 24, 26, 27 e 28 / Mar 1
Flauta
Benoit Fromanger
Fev 23, 24, 26, 27 e 28 / Mar 1
Piano
David Gazarov
Fev 23, 24, 26, 27 e 28 / Mar 1
Violoncelo
Leonard lschenbroich
Fev 26, 27, 28 / Mar 1
CANTO
PROFESSOR
DATAS
Baixo-barítono
Martin Snell
Fev 23
Mezzo-soprano
Kathrin Hildebrandt
Fev 24
Tenor
Fausto Reinhardt
Fev 26
Soprano
Melinda Parsons
Fev 27

O Festival
Lançado com sucesso em 2012, como iniciativa pioneira no País, por sua localização, abrangência sociocultural e qualidade da programação musical, o Música em Trancoso 2013 inaugura seu grande símbolo da sustentabilidade: um anfiteatro permanente. O novo espaço abrigará oito dias de muita música, com concertos eruditos, apresentações de jazz, bossa nova e jam session. No palco, prestigiados solistas da Europa, Estados Unidos e América do Sul se apresentarão ao lado da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, regida por Cláudio Cruz, e da Orquestra Juvenil da Bahia (Neojiba), conduzida pelo maestro Ricardo Castro, instituições reconhecidas internacionalmente. Entre os convidados internacionais, Walter Küssner (viola), Rüdiger Liebermann (violino), Benoit Fromanger (flauta), David Gazarov Trio (Jazz), Leonard Elschenbroich (violoncelo), Martin Snell (barítono) e Kathrin Hildebrandt (soprano). Cesar Camargo Mariano virá ao País especialmente para comandar, mais uma vez, as noites dedicadas à bossa nova, que terá Leny Andrade como convidada especial, e jam session.

A programação completa do evento, que é gratuito, e reservas de ingressos estão disponíveis no site www.musicaemtrancoso.org.br.

SERVIÇO:
Música em Trancoso 2013
Masterclasses
Inscrições de 1º a 8/02 pelo site www.musicaemtrancoso.com.br, pelo email masterclasses@musicaemtrancoso.org.br ou pelo telefone (11) 3815.6377




Atividades acontecem em diversas regiões, na capital e no interior paulista

A Representação Regional São Paulo do MinC e a Representação Regional da Palmares oferecerão dez (10) oficinas regionais de capacitação. O objetivo é divulgar os editais para produtores e criadores negros e auxiliar nossos fazedores de cultura no processo de inscrição. A participação nas oficinas é gratuita e não há nenhum pré-requisito. Além disso, a equipe da RRSP mantém um plantão de atendimento aos proponentes, em horário comercial, na Rua Formosa, 367, 21º andar (Vale do Anhangabaú).
Os editais para produtores negros foram lançados pela Ministra Marta Suplicy no dia 20 de novembro – Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. Seu objetivo é formar novos escritores, elevar o número de pesquisadores negros e de publicações de autores negros, incentivar pontos de leitura de cultura negra em todo o país; também premiar curtas dirigidos ou produzidos por jovens negros, na faixa de 18 a 29 anos; investir em criação, produção e fazer com que artistas e produtores negros ocupem palcos, teatros, ruas, escolas e galerias de arte de todo o país.
O Ministério da Cultura distribuirá cerca de R$ 9 milhões em ações da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e da Secretaria do Audiovisual (SAv). Trata-se de uma parceria entre o MinC, a Fundação Cultural Palmares e Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR/PR).
Escolha a melhor data e local, inscreva-se e participe!
Oficinas de capacitação para inscrição em Editais para produtores negros
29/jan – Registro (Vale do Ribeira)
14h – Anfiteatro KKKK – Parque Beira Rio – Rua Miguel Aby-Azar, 224- Centro
30/jan – Capital (zona leste)
14h30 – Salão da Igreja São Francisco – Rua Miguel Rachid, 997 – Ermelino Matarazzo
31/jan – Cubatão (Baixada Santista)
19h – Bloco Cultural do Paço Municipal – Praça dos Emancipadores, s/n – Centro.
05/02 – Capital (zona leste)
14h – Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – Av. Inácio Monteiro, 6900
19/02 – Sertãozinho (região nordeste do Estado)
8h30 – Teatro Municipal de Sertãozinho “Olímpia Faria de Aguiar” – Rua Washington Luiz, 1131 – Centro
20/02 – Capital (zona norte)
14h – CEU Jaçanã – Rua Antonio Cesar Neto, 105, Portaria 1 / Rua Mario Lago, 46 (antiga Costa Brito) Portaria 2 – Jaçanã
21/02 – Presidente Prudente (região oeste do Estado)
09h – Auditório do Centro Cultural Matarazzo – Rua Quintino Bocaiúva, 749- Vila Marcondes
23/02 – Capital (centro)
10h – Funarte – Alameda Nothmann, 1058 – Campos Elíseos
26/02 – São José dos Campos (Vale do Paraíba)
19h – Fundação Cassiano Ricardo – Av. Olido Gomes, 100 – Santana – Entrada pelo Parque Cidade
28/02 – Capital (zona sul)
18h – Rua Luiz Fonseca Galvão, 248 – Capão Redondo
Para mais informações ligue para: 2766.4300

Saiba mais sobre os editais:

FNAC PROMOVE SAMBA DE BAMBA



Série de eventos na Fnac Pinheiros apresenta diversas faces do samba.
Em fevereiro, a Fnac promove uma série de encontros para celebrar o samba e algumas de suas inúmeras variações. No Samba de Bamba, haverá bate-papo com Martinho da Vila e convidados, shows com a elogiada Juliana Amaral e os grupos Pagode da 27 e Os Opalas, oficinas de arte para crianças e até um CarnaKids, com trio elétrico infantil.
Segundo Andréa Moraes, gerente de Marketing da Fnac Brasil, “com iniciativas deste tipo, a Fnac ratifica seu pioneirismo na promoção de eventos dentro de lojas. E nada mais oportuno do que celebrar a diversidade do samba no mês do Carnaval”.
Todos os eventos serão realizados no Fórum e na Varanda da Fnac Pinheiros (Av Pedroso de Morais, 858, Pinheiros, São Paulo), com entrada franca. O Fórum da Fnac Pinheiros foi recentemente reformado, ganhando um novo palco e aumentado a capacidade de público.

PROGRAMAÇÃO

02 de fevereiro, sábado, às 17h
Pagode da 27
O “esquenta” para o carnaval 2012 será na agradável área externa da Fnac Pinheiros. O projeto Samba na Varanda traz o grupo Pagode da 27, que faz uma roda de samba de primeira e promete embalar o final da tarde de sábado pré-carnaval com canções de seu disco recém lançado Filhos da Favela e clássicos do samba de raiz.

03 de fevereiro, domingo, das 14h às 18h
CarnaKids
Trio Elétrico Infantil e oficinas
A Fnac, em parceria com a Tewak e a MCD, preparou uma tarde super especial para as crianças. Os foliões mirins participam de uma oficina para personalizar lindas coroas de rei e de princesa e vão curtir uma tarde com direito a pipoca, algodão doce, confete e serpentina, tudo animado por um divertidíssimo trio elétrico infantil, ao som de marchinhas, sambas e cantigas de roda. As crianças que forem fantasiadas poderão participar de sorteios de brindes. Indicado para crianças a partir de 3 anos de idade.

16 de fevereiro, sábado, às 17h
Juliana Amaral - show
Para a “ressaca” de carnaval, o projeto Samba na Varanda traz Juliana Amaral para animar a tarde de sábado. Desde 2005, a cantora e compositora se apresenta às quintas feiras no Ó do Borogodó, tradicional casa de samba e choro de São Paulo. Na Fnac Pinheiros, Juliana traz para o público canções do seu projeto Samba Mínimo, além de consagradas canções.

23 de fevereiro, sábado, às 16h
Martinho da Vila – Bate papo com Elifas Andreatto e Filipe Cato, entre outras personalidades.
Dando início às comemorações dos 45 anos de carreira de Martinho da Vila, um muito descontraído bate-papo reúne personalidades em torno do grande sambista. Curiosidades de sua história, a evolução do samba nessas quatro décadas, entre outros assuntos, serão discutidos de improviso, também com a participação do público presente. Logo em seguida, Martinho da Vila fará uma sessão de autógrafos de seus CDs, DVDs e livros.

27 de fevereiro, quarta, às 19h30
Os Opalas - show
A banda Os Opalas apresenta seu novo álbum, Mistura Cultural. Como próprio nome sugere, as músicas trazem referências que vão muito além do samba-rock que é a veia principal do grupo. O ponto de partida das canções é um vasto repertório de vanguarda, que passa pelo samba, soul, rock, jazz, groove, reggae e afrobeat. A banda Os Opalas dá a dica: “É a nova música swingada brasileira no seu estado mais puro, prá dançar!”

Sobre a Fnac
A Fnac é a maior varejista mundial de produtos de cultura e informação. O mix de produtos da Fnac é único no mundo: livros, CDs, DVDs, equipamentos de áudio, vídeo, telefonia, fotografia, informática e serviços. Fundada há 58 anos na França e presente há 13 anos no Brasil, cada Fnac é um lugar onde todas as culturas são compartilhadas e todas as paixões são estimuladas e enriquecidas. Estar numa Fnac é uma empolgante experiência que aguça a curiosidade, dada a imensa possibilidade de escolhas, o aconselhamento personalizado, de espírito engajado e inovador, cujas opiniões e pontos de vista ajudam o consumidor na sua decisão de compra. Em todas as lojas, há espaços dedicados a exposições fotográficas e eventos culturais gratuitos. Atualmente, são 11 lojas no Brasil, três em São Paulo (Fnac Paulista, Fnac Pinheiros e Fnac Morumbi, no MorumbiShopping), uma em Campinas (Shopping Parque Dom Pedro), uma em Ribeirão Preto (RibeirãoShopping), uma no Rio de Janeiro (Barra Shopping), uma em Curitiba (Park Shopping Barigui), uma em Belo Horizonte (BH Shopping), uma em Brasília (Park Shopping), uma em Goiânia (Flamboyant Shopping) e outra em Porto Alegre (BarraShoppingSul), além do site www.fnac.com.br e do televendas 4003-1529.

SAMBA DE BAMBA
De 02 a 27 de fevereiro de 2013

Fnac Pinheiros
Av Pedroso de Morais, 858, Pinheiros, São Paulo, tel: (11) 3579-2000
Entrada Franca
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Ar condicionado
Censura: Livre
Lotação do Fórum Fnac Pinheiros: 250 pessoas
Estacionamento: R$ 8,50 (até 30 min), R$ 11,00 (até 2 horas). Isenção de estacionamento por duas horas para Associados Fnac que fizerem compras (conferir limites mínimos de compra em loja).
Mais informações: www.agendafnac.com.br




Livro “Nos Acordes do Jazz & Blues”


LANÇAMENTO

Livro “Nos Acordes do Jazz & Blues” conta a história do Festival que transformou o Carnaval serrano do Ceará e tornou-se um dos maiores eventos do gênero no país

Há 13 anos a cena musical cearense vivenciou o início de uma nova realidade. O mercado se abria para sons até então restritos a um público bem específico, frequentador de poucas casas noturnas da capital. O jazz e o blues estavam longe de serem os gêneros mais ouvidos no Estado – como ainda não são – mas, de lá para cá, alcançaram uma visibilidade considerável, caindo nas graças de um público numeroso, beneficiando principalmente os personagens principais desta cena: os instrumentistas destes e de ritmos afins.

O Festival Jazz & Blues, lançado pela Via de Comunicação e Cultura, é reconhecido como a mola mestra dessa nova realidade musical no Ceará, ao nadar contra a corrente em 2000, levando à cidade de Guaramiranga músicos locais e nacionais com seus instrumentos a tiracolo, para tocar jazz e blues nos quatro dias de Carnaval. Como toda festa momina que se preze, a “ressaca” também estava no contexto e, a partir de 2002, o Festival passou a contar com mais quatro dias de boa música em Fortaleza, depois da quarta-feira de cinzas.

Muitas águas rolaram de 2000 para cá. O Festival cresceu, estendeu-se a vários outros municípios cearenses com um importante trabalho de formação que começa bem antes do Carnaval. O evento se notabilizou e é hoje considerado um dos maiores do gênero realizado no País. Nomes ilustres da música, como César Camargo Mariano, Paquito D’Rivera, Stanley Jordan, Scott Henderson, Toots Thielemans, Ivan Lins, Manassés de Souza e uma infinidade de grandes artistas estão na história do Festival Jazz & Blues, que agora é contada no livro "Nos Acordes do Jazz & Blues - Memórias do Festival Jazz & Blues de Guaramiranga".

Idealizado e coordenado pelas diretoras da Via de Comunicação e Cultura, Maria Amélia Mamede e Rachel Gadelha, e pelo jornalista Dalwton Moura, responsável por projeto editorial, pesquisa, texto e edição, o livro cobre toda a história do Festival, desde a sua concepção, revelando o porquê da escolha de Guaramiranga como cidade sede, os impactos econômicos, culturais e sociais ao longo de 13 anos. A obra, viabilizada com apoio da Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Ceará e da Coelce, um dos patrocinadores mais assíduos do festival, traz uma completa retrospectiva musical do evento, com detalhes sobre cada um das centenas de shows promovidos ao longo de sua história.

Tudo fartamente ilustrado com imagens colhidas pelo fotógrafo Chico Gadelha, que cobriu todas as edições do festival e agora compartilha com o público a emoção imortalizada em instantes decisivos, na magia de grandes artistas cearenses, brasileiros e internacionais nos palcos do Festival. O livro é apresentado com um design atraente, fruto do projeto gráfico assinado por Caio Castelo.

Assim, “Nos Acordes do Jazz & Blues” é um registro minucioso de cada noite do Festival em Guaramiranga e Fortaleza, com detalhes de cada apresentação e informações das atrações, dos protagonistas da música cearense a grandes nomes nacionais e internacionais. Os leitores que já compareceram ao festival poderão fazer um passeio pela memória, revivendo cada apresentação, em texto e imagens. Os que ainda não conhecem o evento serão convidados a um mergulho na história de um festival que reúne ousadia e pioneirismo, qualidade artística e diálogo entre matrizes culturais, excelência em produção cultural e integração com a comunidade, ações de responsabilidade social e ambiental.

Além das atrações de cada ano e de inúmeros depoimentos de protagonistas e espectadores do festival, o livro traz entrevistas com uma atração musical de cada ano. Entre os entrevistados, Hermeto Pascoal, Yamandu Costa, Arismar do Espírito Santo, Nuno Mindelis, Chico Pinheiro, Artur Menezes, Adelson Viana, Jefferson Gonçalves, Moacir Bedê, Samuel Macêdo, da Banda dos Meninos da Casa Grande, entre vários que fazem parte da história do Festival.

O livro retrata o evento, seu conceito, suas realizações e contribuições ao público e à cena cultural cearense, em toda a sua abrangência: do período de produção anterior ao Carnaval, os dias do Festival na serra e o pós-Festival, com o impacto social, econômico e cultural para o Ceará, formação profissional e artística, bastidores, equipe de produção, espectadores e Poder Público.
“O livro é um mergulho na história do Festival, de modo que as pessoas que foram a uma determinada edição possam revivê-la através dos textos e das imagens, em uma obra que destaca a importância artística do evento e os inúmeros momentos de emoção, nos encontros entre artistas e público, unidos pela música”, ressalta Dalwton Moura.

"É também um documento informativo e iconográfico da música cearense, tendo em vista a escassez de projetos desse tipo, no formato livro. Através da retrospectiva das 13 edições do festival realizadas até aqui, os leitores podem acompanhar o desenvolvimento de grandes nomes da nossa música, a evolução do nosso cenário musical e seu diálogo com artistas do Brasil e de vários países. Tudo em uma atmosfera especial, em uma pequena cidade do interior do Ceará, nos encontros possibilitados pelo Festival", complementa.


SERVIÇO

Livro Nos Acordes do Jazz & Blues (2013. 220págs). Idealização e coordenação: Maria Amélia Mamede e Rachel Gadelha. Projeto editorial, pesquisa, texto e edição: Dalwton Moura. Fotos: Chico Gadelha. Projeto gráfico: Caio Castelo. Apoio: Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Ceará e Coelce. Lançamento: Dia 09 de fevereiro, às 17h30, na Cidade Jazz & Blues, em Guaramiranga, por ocasião do Festival Jazz & Blues 2013. Preço: R$ 39,00. O livro estará à venda na loja do Festival em Guaramiranga e nos shows em Fortaleza.